O Treinamento prático – Histórias engraçadas

Depois de meses e meses de muita dedicação ao difícil aprendizado da língua japonesa a garota resolveu perguntar para a professora dela o que ela poderia fazer para praticar o uso da língua.
A professora disse que ela poderia entrar em contato com os japoneses nativos para ver se ela já entendia o que eles falavam. Assim ela poderia avaliar se ela já havia ou não dominado os difíceis conceitos que ela tinha aprendido nos últimos tempos.
- Uma coisa que eu acho bastante interessante é você ir até o aeroporto e ver se você consegue entender o que os japoneses que desembarcam aqui no Brasil falam. Sugeriu a professora.
- Legal! Vou aproveitar essa ideia.
Lá foi a moça para o Aeroporto internacional de Guarulhos. Mais especificamente para a ala de desembarque internacional dos vôos que chegavam do distante Japão.
O plano era muito simples. Ela ficaria ali no aeroporto e assim que ela avistasse algum japonês dialogando ela se aproximaria para tentar entender do que ele estava conversando.
Ela esperou um tempinho e nada. Esperou mais um pouco e nada. Depois de trinta minutos ela observou três japoneses que haviam acabado de sair pelo portão do desembarque. Ela se arrumou e começou a seguir os rapazes. Eles se sentaram nos bancos próximos a lanchonete. Ela se sentou ali ao lado deles.
Cinco minutos se passaram e nada de diálogos. Ela pensou: como esses japoneses são reservados.
Mais dois minutos e nada de conversas. Até que enfim, finalmente, um dos rapazes, cansado daquela terrível espera, resolveu romper com aquele inquietante silêncio:
- O tio Sato falou que o motorista da van estaria aqui às 16 horas.  Já são 16h15min, vocês acham melhor ligar para ele e dizer que a gente já chegou. Falou um dos rapazes no bom e velho português.
  
Edilson Rodrigues Silva

Cursos Gratuitos

CRONICAS MAIS POPULARES

Translate

Comunicado

Comunicado