Histórias Engraçadas - História Engraçada - Festa de Final de Ano

Festa de Fim de Ano


DE: Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

PARA: Todos os Funcionários

Data: 1º de dezembro

Assunto: Festa de Natal

Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas.
Teremos um excelente conjunto tocando canções tradicionais de Natal... Sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar!

Não se surpreenda se nosso Vice-Presidente aparecer vestido de Papai-Noel! Ele adora está época do ano.

Traga o seu enfeite para enriquecer a nossa árvore de natal.
A troca de presentes de amigo-oculto pode ser feita a qualquer momento. Entretanto, nenhum presente deverá exceder R$20,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos. Este encontro é exclusivo para funcionários. Nesta ocasião, nosso Presidente fará um discurso bastante especial. Contamos com a presença de todos.



Feliz Natal para vocês e suas famílias!



Patrícia



*****************************************************************************************************
DE: Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
PARA: Todos os Funcionários

Data: 2 de dezembro

Assunto: Festa de Final de Ano





De maneira alguma nosso memorando datado de 1º de dezembro pretendeu discriminar ou ofender nossos funcionários judeus!. Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costuma coincidir com o Natal, mas isso não aconteceu este ano. De qualquer forma, passaremos a chamá-la de "Festa de Final de Ano".



A mesma política se aplica a todos os outros funcionários que não sejam cristãos. Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de Natal nem coral. Teremos outros tipos de música para seu entretenimento.

Felizes agora? Minhas desculpas.

Bom final de ano para vocês e suas famílias,



Patrícia



*************************************************************************************************



DE: Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
PARA: Todos os Funcionários

Data: 3 de dezembro

Assunto: Festa de Final de Ano



Com relação ao bilhete que recebi de um membro do Alcoólicos Anônimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... Você não assinou seu nome! Fico feliz em atender ao pedido, mas se eu puser uma placa na mesa Exclusiva para AA", vocês não serão mais anônimos... Como faço então?

Esqueçam a troca de presentes. Nenhuma troca de presentes será permitida, uma vez que os membros do sindicato acham que R$20,00 é muito dinheiro e os executivos acham que R$20,00 é muito pouco para um presente.



NENHUMA TROCA DE PRESENTES SERÁ PERMITIDA, certo? Ok?



Patrícia

**********************************************************************************************************



DE: Patrícia

PARA: Todos os Funcionários

Data: 7 de dezembro

Assunto: Festa de Final de Ano



Nossa pessoal! Que grupo heterogêneo nós somos! Em 1º dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os muçulmanos, que os proíbe comer e beber durante as horas do dia. Lá se vai a festa!!!

Agora entendemos que uma refeição nesta época do ano será um problema para a crença de nossos funcionários muçulmanos..... Talvez a Churrascaria Grill House possa segurar o serviço de buffet até o fim do dia - ou então, embalar tudo para que vocês o levem para casa nos marmitex. O que vocês acham disso?



Atendendo a outras reclamações:



1) Consegui que os membros do Vigilantes do Peso se sentem o mais longe possível do Buffet de sobremesas e a mulheres grávidas sentem-se o mais perto possível dos banheiros;

2) Homossexuais podem sentar-se juntos, se quiserem. Mulheres homossexuais não têm que sentar com homens homossexuais, que terão sua própria mesa. E sim, haverá um arranjo de flores no centro da mesa dos homens homossexuais.

3) Os transexuais que pediram permissão para trocarem as roupas pelas do sexo psicológico, isto está autorizado!

4) Teremos assentos mais altos para pessoas baixas.

5) Comida com baixa-caloria estará disponível para os que estão de dieta.

6) Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida. Desta forma, sugerimos para estas pessoas com pressão alta, que provem o teor de sal antes de se servirem.

7) Haverá frutas frescas de sobremesa para os diabéticos, o restaurante não dispõe de sobremesas sem açúcar.

Nossas profundas desculpas.

Será que me esqueci de alguma coisa?



Patrícia

******************************************************************************************************
DE: Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
PARA: Todos os Funcionários Filhos da Puta

Data: 8 de dezembro

Assunto: A porcaria da Festa desse Final de Ano de merda!!!



Vegetarianos e adventistas? Sim, vocês também tinham que dar sua opinião ou reclamar de alguma coisa!!!

Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House. Quem não gostar Que se dane!

Então, como alternativa, vocês podem sentar-se quietinhos na mesa mais distante da "churrasqueira da morte" - como vocês se referiram de forma bastante depreciativa ao utensílio. Vocês terão a porcaria da sua mesa de saladas, incluindo vegetais hidropônicos, sem nenhum agro-tóxico, & arrozinho grudento pra comer de pauzinho. Mas aqueles (naturalmente haverá...) que não concordarem em usá-los, basta pegar tudo e ir para a PQP!



Mas como vocês devem saber os vegetais também têm sentimentos! Os tomates gritam quando vocês os fatiam. Eu mesma os ouvi gritar! Eu os estou ouvindo gritar agora mesmo!!!!!

Assassinos de inocentes tomates!

Ah! Espero que vocês todos tenham um péssimo final de ano!

Dirijam muito, fiquem bêbados, batam o carro ou sejam atropelados. E morram todos, escutaram? Vão para a P.Q.P!



Ass: A Vaca-louca da Diretora de Recursos Humanos - como sou gentilmente chamada por muitos babacas...!



Fonte: Internet

Histórias Engraçadas - História Engraçada - O Maníaco da Furadeira















- Caramba! Nem no domingo a gente pode descansar em paz. Que perturbação! Agora nem são oito horas da manhã e esse vizinho do apartamento de cima já está com a furadeira detonando o ouvido da gente. Ô cara chato! Esse cara é um mala sem alça mesmo. Isso é só prá estressar a gente. Filho da mãe! O dia que eu me encontrar com esse babaca, esse maníaco da furadeira, vou dizer poucas e boas para ele. Ele vai ver. Ameaçou o rapaz
- Calma! Amor você também um dia já ligou a furadeira num dia de domingo. Tenha paciência, daqui a pouco ele vai parar. Disse a sensata esposa dele.
- Eu já liguei sim, mas foi coisa rápida. Esse cara é um maníaco por furadeira ele deve ter algum tipo de problema psicológico, deveria procurar ajuda médica. Ele liga a furadeira por qualquer motivo e a qualquer hora, assim já é demais. São só oito horas da manhã e esse cidadão já está aí detonando com a paz e os ouvidos da gente. desabafou o rapaz.
Os dias se passaram e, quando foi no sábado seguinte, eles tiveram que sair para ir resolver uns problemas no centro da cidade. Na volta, a esposa dele para tirar uma com a cara do marido, falou:
- Olha lá amor! Olha quem está ali: O maníaco da furadeira. Você não vai falar com ele? Você falou que ia dizer isso, que ia dizer aquilo. Vai lá e avisa ele que amanhã você vai quer dormir até meio dia e que não quer ser acordado por nenhum idiota, caso contrário você vai pegar pesado com ele.
- Ô mulher deixa disso! Quanta violência. Como você é né! Isso é coisa do passado. Eu sou um cara de paz, um homem de diálogo. Sou completamente contra qualquer tipo de violência. Vamos deixar tudo isso pra lá. Vida nova Amor! Vida Nova!
Essa súbita mudança de comportamento tinha uma razão:
O tal do babaca que era o desprezível maníaco da furadeira era um cara de mais de dois metros de altura e com um par de músculos muito bem desenvolvidos e muito indicados para fazer um buraco na cara de qualquer opositor.
Desse jeito qualquer cidadão metido a valentão, em apenas uma semana, vira um monge tibetano adepto do amor e da paz universal.

Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Você Jamais Será Abandonada

Ao ver aquele e-mail com o seguinte título: “Você jamais será abandonada” ela logo imaginou que era mais uma daquelas mensagens religiosas entre tantas que ela recebia normalmente. Para a surpresa dela, ao abrir a mensagem ala logo viu que não era nada daquilo que ela pensava.



A mensagem dizia:


Você acha que ninguém quer saber se você está bem de saúde ou não?


Você acha que ninguém se importa se você conseguiu realizar aquele velho sonho de comprar o tão querido carro zero?


Você acha que ninguém se importa se o seu filho está ou não na escola?


Você acha que a ninguém se importava com a sua casa, se você mora bem, se ela é grande, se ela é confortável.


Você acha que ninguém se preocupa se você sai de férias ou não, se você está descansando o suficiente, se você vai ter dinheiro para gastar...


A senhora pode ficar tranqüila que a Receita Federal, o nosso querido “Leão”, não descansa nem um pouco, ele realmente se importa com você. Ele jamais vai te abandonar. Mesmo que os seus amigos te abandonem “O Leão” sempre será o seu fiel amigo, sempre estará ao seu lado, e de olho bem aberto em você viu!


Isso que é um amigo fiel.


Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Um Passeio Bem Gostoso no Banana Boat


Maravilha! Maravilha!

Verão, férias, sol, praia, mar, curtição geral. Logo que o pessoal da terceira idade que estava de excursão chegou à praia eles logo trataram de reservar o passeio de banana boat. 
Há muito tempo que eles tinham assistiam pela televisão as pessoas se divertindo muito com aquele tipo de passeio pelo mar e ficaram de experimentar nas próximas férias aquela que era a diversão sensação do verão...
Colocaram os coletes, bem, tentaram colocar, pois o modelinho dos coletes era mais pra top model que para uma turma de peso que nem aquela.
Tudo certo!...
Pode ir? perguntou o capitão.
Podee! Respondeu a animada turminha
Uôôôôôôôôôô!
O piloto da lancha exagerou na potência do motor e a única coisa que largou, e largou muito forte, foi à banana porque a galera da terceira idade ficou lá na praia mesmo. Foi um tal de Cair um em cima do outro, engolir água e xingar a senhora genitora do capitão de tudo quanto era palavrão....

Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - O Nascimento de Um Campeão













O Nascimento de Uma Lenda do Esporte
Desde criança ele imaginava estar ali, resolveu escolher um dia em que estava de férias do trabalho para poder experimentar aquele jogo que ele só tinha visto pela televisão. O jovem tinha certeza de que seria um programa legal e divertido, com certeza, ele tinha nascido para àquele esporte. Pensava o rapaz. Sendo assim, resolveu experimentar.



Agora, lá estava ele e a sua namorada. Para fazer uma graça para a garota, se encheu de orgulho, de pose e começou a fazer um monte de gracinha para a garota.


Colocou o sapato de pano, escorregava de um lado para o outro, dançava à Michael Jackson. O Jovem estava muito feliz e radiante como criança quando ganha um novo brinquedo.


Ali, naquele exato momento estava nascendo um ícone do esporte de salão, naquele recinto começava a grande trajetória de um autêntico campeão. Todo orgulhoso, disse isso para a sua namorada.



Concentração total ... Tambores...Dentro de instantes Ele arremessaria a bola que ia partir em direção ao primeiro “strike” da sua vida. Ele encaixou os dedos nos furos da bola...Puxa vida que bola pesada! Não parecia tão pesada assim. Fez movimentos, gestos e uma pose de causar inveja no mais consagrado dos campeões e ...Ploooft! Enquanto ele ainda ajeitava a bola ela escorregou dos seus dedos e caiu bem em cima do dedão do seu pé esquerdo:


- Aiiiiii! Ai! Ai! Ai! Ficou lá pulando e xingando muito, era cada palavrão. Depois de se recuperar da dor e da decepção a namorada dele falou:



- Amor deixa de frescura! Vem mostrar que você é o meu campeão. Vem meu herói! Vem meu gatão manhosinho!



Ela estava gozando com a cara dele. Ele pensou: Agora vou arrebentar! Vou deixar de moleza e vou mostrar para essa mina que eu sou maior do que qualquer dificuldade. Vou superar esta primeira decepção e vou mostrar para ela que sou um homem que não se abate diante das dificuldades da via. Claro que vou!



Foi lá pegou outra bola, agora com firmeza nas mãos, encaixou os dedos no buraco, Concentração total, respiração: inspira...expira...Calma, equilíbrio e pontaria ... ok! Lançamento..



- Há! Há! Há! Há! Caraca! Como você conseguiu fazer uma barberagem dessa? Disse a namorada do rapaz vendo a bola correr pela pista ao lado. Pela mor de Deus! Não acredito, vai ser grosso assim lá na Conchichina. Eu heim!



Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Vingança contra a Companhia Telefônica



*
*

Toca o telefone...

- Alô.

- Alô, poderia falar com o responsável pela linha?

- Pois não, pode ser comigo mesmo.

- Quem fala, por favor?

- Paulo Roberto.

- Sr. Paulo, aqui é da Telefônica, estamos ligando para oferecer a promoção Telefônica linha adicional, onde o Sr. tem direito...

- Desculpe interromper, mas quem está falando?

- Aqui é Rosicleide Judite, da Telefônica, e estamos ligando...

- Rosicleide, me desculpe, mas para nossa segurança, gostaria de conferir alguns dados antes de continuar a conversa, pode ser?

-... Bem, pode.

- De que telefone você fala? Minha bina não identificou.

- 103

- Você trabalha em que área, na Telefônica?

- Telemarketing Pró Ativo.

- Você tem número de matrícula na Telefônica?
- Senhor, desculpe, mas creio que essa informação não seja relevante.

- Então terei que desligar, pois não posso ter segurança que falo com uma funcionária da Telefônica.

- Mas posso garantir...
- Além do mais, sempre sou obrigado a fornecer meus dados a uma legião de atendentes sempre que tento falar com a Telefônica.

- Ok . Minha matrícula é 34591212.

- Só um momento enquanto verifico...
(Dois minutos)

- Só mais um momento...

(Cinco minutos )

- Senhoooor?

- Só mais um momento, por favor, nossos sistemas estão lentos hoje.

- Mas senhoooor...

- Pronto, Rosicleide, obrigado por haver aguardado. Qual o assunto?

- Aqui é da Telefônica, estamos ligando para oferecer a promoção linha adicional, onde o Senhor tem direito a uma linha adicional. O senhor está interessado, Sr. Paulo?

- Rosicleide, vou ter que transferir você para a minha esposa, por que é ela quem decide sobre alteração e aquisição de planos de telefones.
Por favor, não desligue, pois essa ligação é muito importante para nós. (coloco o telefone em frente ao aparelho de som, deixo a música Festa no Apê do Latino tocando no Repeat (eu sabia que um dia esse hit iria servir para alguma coisa!), depois de tocar a música inteirinha, minha mulher atende:
- Obrigado por ter aguardado... Pode me dizer seu telefone, pois meu bina não identificou..

- 103

- Com quem estou falando, por favor.

- Rosicleide

- Rosicleide de que?

- Rosicleide Juditeee (já demonstrando certa irritação na voz)

- Qual sua identificação na empresa

- 34591212 (mais irritada ainda! )
- Obrigada pelas suas informações, em que posso ajudá-la?

- Aqui é da Telefônica, estamos ligando para oferecer a promoção linha adicional, onde a Sra. tem direito a uma linha adicional. A senhora está interessada?

- Vou abrir um chamado e em alguns dias entraremos em contato para dar um parecer, pode anotar o protocolo, por favor... Alô, alô!



- TUUTUTUTUTU...



- Desligou... Nossa que moça estressada!
Desconheço o autor

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Terror depois do Crepúsculo

No final do crepúsculo, na boca da noite a turma resolveu fazer uma longa caminhada pela praia. Eles tinham combinado de ir até a ponta da praia que ficava mais distante e depois voltariam ao ponto de origem. 
Como era longe, no meio do caminho caiu sobre eles à escuridão na noite. As garotas, já com medo falaram para os rapazes que queriam voltar para o camping. Como eles estavam caminhando por uma praia deserta a única iluminação era a própria luz da lua. Às sete horas da noite a praia virou um breu total, todo mundo procurava andar o mais junto possível para se proteger.
Quando eles estavam andando de volta para o acampamento eles procuravam conversar para fazer o tempo e o medo passar. Num determinado momento alguém avistou logo à frente, sobre a areia, um vulto escuro que, a princípio, parecia um pedaço de madeira enorme, um tronco de árvore. Uma das meninas até fez um comentário dizendo como é que aquele tronco tão grande tinha aparecido ali na praia se na ida eles nem tinham notado nada.
Assim que ela terminou de falar deu uns segundos e tronco começou a se mexer e a fazer uns barulhos estranhos. O medo foi geral e quem se mexeu mesmo foi à galera, a turma toda começou a gritar e a correr em disparada pela praia gritando: 
- Aí minha mãe do Céu! Gritava uma garota. 
- Corre! Corre! , falava um dos rapazes. 
- Vixi Maria me ajuda mãinha! Falava o outro garoto.
Enfim todo mundo saiu correndo e ninguém pensou em olhar para trás e, muito menos ficar lá para ver o que era ou o que deixou de ser aquilo. O medo foi tamanho que o pessoal só parou de correr bem mais a frente quando perceberam que não havia perigo nenhum.
Depois eles ficaram comentando quem é que tinha gritado mais, quem correu mais e teve gente que até fez xixi nas calças. O mais interessante é que eles até hoje não sabem o que era aquilo. Um falou que era um tronco mesmo, outro disse que era um homem deitado, o outro acha que era um bicho e assim vai.

Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Coxinha Gostosa, Coxinha Saborosa













Não mesmo, nem em sonho! Coxinha igual as que a vó Marlene fazia não havia igual no mundo inteirinho. Ela se lembrava muito bem que, desde quando ela era criança a vò Marlene, também conhecida como vó Lene, fazia aquelas coxinhas maravilhosas. Em especial ela se lembrava muito bem daquela coxinha que vinha até com o osso da coxa da galinha. Hummmm! Que delícia.

Naquele domingo a mãe dela, que era a filha da vó Lene, estava comemorando vinte e cinco anos de casada e, como não poderia faltar, lá sobre a mesa estava uma enorme bandeja com aquelas deliciosas e gostosas coxinhas. Ninguém pegava nada, ficavam todos babando e esperando a hora de atacar aquelas delícias. A coxinha da vó Lene era definitivamente especial: Recheio farto e bem temperado, massa muito fina que desmanchava na boca e, mesmo que a pessoa comesse cinqüenta delas, ela ainda queria comer mais.


Diante daquelas delícias não é de se espantar que entre os convidados existissem aqueles que tivessem um olhar fixo e uma distância bem interessante da mesa onde ficavam os deliciosos quitutes. Entre as predadoras estava à cruel tia Odete, tia fria e calculista que, nas festas anteriores, de minuto em minuto esticava o braço na clara missão de dizimar e aniquilar a travessa de salgadinhos deixando os demais morrendo de vontade de degustar os deliciosos bolinhos de galináceo.


Assim que o salão de festas abriu o terror tomou conta dos presentes, a tia Odete logo foi se posicionar estratégicamente junto à bandeja dos concorridos quitutes, fazendo uma marcação cerrada, parecia zagueiro em final de copa do mundo. Armando-se de uma cadeira de plástico, mais que depressa estacionou numa das pontas da mesa – bem ao lado das deliciosas coxinhas -.


Para o bem da nação e para o azar da tia comilona a cadeira na qual ela estava sentada quebrou, como as outras cadeiras já estavam ocupadas, ela teve que sentar-se num sofá que estava mais distante. Assim, a tia Odete, o terror das coxinhas, teve que se conformar em sentar-se num sofá que ficava ao lado da assustada torta de palmito.



Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Samba, Sambódramo e Alegria - Um Desfile Maravilhoso


















Até que enfim o carnaval estava chegando. Naquele ano o pessoal da escola de samba estava cheio de nove horas e era mistério para tudo quanto era lado. Tudo por causa da espionagem das outras escolas. O carnavalesco ficou esperto porque no ano passado vazou algumas informações sobre as fantasias da escola e por isso esse ano ele estava cheio de segredos.

Bem, independente de tudo, ela tinha uma certeza: Ela ia arrasar! Seria uma fantasia bem bonita e com um bom lugar de destaque na escola e na avenida. Precavida, foi se cuidar, malhar, perder uns quilinhos para fazer bonito na avenida, não queria ver nenhuma gordurinha a mais.

Era um sonho. Para ela sair na avenida era a glória. Tudo era maravilhoso: Às luzes, as serpentinas, os confetes, o povão na arquibancada aclamando a escola com alegria e muita emoção.
No ano passado já tinha sido muito legal. O diretor de fantasia prometeu para a garota que no próximo ano ela ia ter uma participação muito especial. A guria estava toda feliz e contava com a fantasia mais bacana de toda a sua vida. Ia ser uma fantasia e uma participação de destaque mesmo.



Sendo assim, ela ficou cheia de ansiedade esperando o dia de colocar as mãos na tão falada fantasia. Chegou até a sonhar com a dita cuja. Foram meses de espera até que num dia diretor mandou chamá-la para conhecer e experimentar a tão sonhada fantasia.


Lá foi ela. Será que ela is sair nos carros da frente ou nos carros de trás? Bem, isso na verdade não tinha tanta importância assim. O que importava mesmo era que ela estava crescendo na escola e dentro de pouco tempo ela ia ser um dos grandes destaques da escola do coração. Pensava ela.

- Oi meu anjo! Tudo bem contigo? – Disse o diretor – Todo cheio de charme. Espere um pouquinho que eu já volto.
Minutos depois ele voltou com a tão esperada fantasia:



- Aqui está minha querida! A sua fantasia, espero que você goste? Você vai sair na principal ala do desfile deste ano. Nós vamos arrasar! Contamos com o seu empenho e com a sua dedicação.



- O que é isso diretor? Isso é a minha fantasia? Mas que diacho de coisa é essa? Disse ela, completamente espantada com a fantasia.



- Você não entendeu a sua fantasia? Não gostou?



- Não! Não entendi. Que treco é esse? Respondeu a garota.



- O que é isso? Ora! É um torresmo! Disse o diretor.



- O quêêê! Um torresmo? Você está de brincadeira comigo não é? Decepcionada respondeu a garota.


- Ora, minha querida, você deveria estar feliz. Você vai sair na ala da feijoada, o principal prato da cozinha brasileira. Você esqueceu que neste ano nós vamos fazer uma homenagem a nossa maravilhosa culinária?



Ela foi embora pensando: Belo destaque que eu sou. Quero ver eu me destacar na avenida saindo fantasiada de pururuca. Quero só ver!

...



Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Socorro! Uma Ambulância Especial pela Cidade



O sol forte, o calor, o maravilhoso trânsito de sempre. Tudo parado! São Paulo num dia desses vai ficar completamente parada. Às pessoas não conseguirão mais andar de carro. Quem quiser andar pela cidade só se for de bicicleta ou na sola do sapato. Pensava ela vendo aquele relaxante trânsito nosso de cada dia.
No carro, já que ela não saia do lugar, o jeito era curtir uma musiquinha da hora. O tempo passou e mais uma músiquinha, mais um tempinho e nada da parada sair do lugar. Caraca! Haja som para ouvir essa bagaça não anda não. Passa um garoto e grita:
- Olha a água geladinha! Geladinha, geladinha. Vai uma água aí moça? 
- Não, brigada!

- Tá geladinha e gostosinha. Disse o garoto.

- Não, brigada!
Ela olha para as margens do Rio Tietê e se alegra ao ver que as árvores estão cada vez maiores e, que havia também muitas plantas floridas. Ela achou uma excelente solução para a cidade, assim ficou mais alegre, com mais vida e muito mais legal. Depois de uns minutos o garoto da água voltou: 
- Olha a água geladinha!

Ela até que estava com sede, mas vai saber de onde era aquela água? Pensou ela. Se fosse uma Coca Cola bem geladinha não tinha como recusar.

O sol forte, o calor, dava até para ver as ondas de calor subindo do asfalto quente. De repente...

Uaõõõõhmmmm! Uaõõõõhmmmm! Uaõõõõhmmmm! Uaõõõõhmmmm!.....

Isso lá era hora de vir ambulância! Pensava ela, como se a gente pudesse escolher o dia e à hora de ficar doente e precisar de um serviço de ambulância. Todos se apertaram para liberar o corredor dos motoboys para que a ambulância pudesse passar. Uns jogavam o carro para o lado esquerdo outros para o lado direito e assim foi abrindo-se um corredor para a passagem do veículo.

Assim que a viatura de socorro aproximou-se dela foi possível ler na lateral da ambulância:

Hospital veterinário Sâo Roque, o lugar certo para a saúde do seu melhor amigo.



Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Um Papai Noel Muito Estranho















O casal de namorados está lá no carro e é beijinho prá cá e beijinho prá lá. Eles já estavam ali na rua desde às 19 horas, agora, já eram por volta das 21 horas, como o carro deles tinha aquele filme escuro no vidro não dava para quem estivesse do lado de fora enxergar quem estava do lado de dentro, por isso eles sentiam-se seguros para ficar lá no carro.
Eles estavam lá fazendo muitos planos para o ano novo, quem sabe comprar uma casa, casar... Quem sabe? De repente passa por eles um papai Noel todo amarrotado, desalinhado, de tênis e carregando uma escada. Eles ficam olhando para a estranha criatura e até começam a brincar dizendo: Puxa vida! Esse papai Noel aí tá detonado heim. O cara tá o bagaço da laranja! Cadê o sininho, a barriga, o cinto e o saco com os presentes? E a escada o que é que esse papai Noel de meia tigela vai fazer com essa escada a uma hora destas? Perguntavam eles?

O papai Noel de araque olha de um lado, olha do outro e não vendo ninguém na rua encosta a escada na parede lateral de um sobrado e tenta abrir a janela. Como ele era um homem de estatura mediana para baixa, se a pessoa não olhasse direito até parecia um daquele enfeites que tem o papai Noel descendo ou subindo a escada eu acho que é subindo, e você, acha que é o quê?

Bem, continuemos com as aventuras do papai Noel meliante. Enquanto ele está lá tentando forçar a janela, o casal que estava no carro, a essa altura dos acontecimentos, estava muito surpresos e sem saber direito o que fazer.

O rapaz resolveu ligar para a polícia e disse que na rua tal tinha um cidadão disfarçado de Papai Noel e que ele estava tentando entrar numa casa forçando a janela. Enquanto eles ainda falavam com os policiais aconteceu uma coisa mais estranha ainda. Enquanto o Papai Noel estava forçando a janela ele perdeu o equilíbrio e a escada deslizou pela parede e ele caiu em cima de uma planta que tem aquelas pontas bem duras e cheias de espinho. O rapaz continuou: é melhor os senhores virem logo porque o homem acabou de cair da escada. Ele ficou ali todo espetado até a polícia chegar. Assim que a polícia chegou já não era mais para evitar um assalto e sim para ajudar a tirar o homem lá do meio da planta.

Olha, deu até dó do coitado do homem. Do jeito que ele gritava a noite dele não ia ser nada agradável. O “Bom velhinho” ficou todo machucado e ainda por cima teve que passar a noite na delegacia.



Edilson Rodrigues silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - A Grande Revelação





















Ela era ligadona em novelas, era fã mesmo daquelas de não perder nenhum capítulo acompanhava até o último dia e só parava depois que todo mundo chorava e se casavam. Se a ficção estivesse envolvente e emocionante então, aí que ninguém tirava ela de casa. Ela não sai por nada e nem para nada. Só em caso de urgência e olha lá.
Quando começou o último capítulo da novela que ela mais gostava o seu filho de quatro anos falou que queria ir ao banheiro para fazer o número dois. Ela pensou: isso lá era hora de fazer uma coisa dessas, como se a gente pudesse escolher hora para este tipo de produção.


A mãe completamente concentrada na trama falou para o menino ir sozinho já que ele era bem grandinho e que tudo ia dar certo. Como o garoto tinha aquele peniquinho para criança, conformado, ele foi rumo a sua solitária missão.



A novela que ela estava acompanhando tinha uma dose bem grande de mistério tipo Agatha Christie e no enredo havia um caso complicado e misterioso de um assassinato. Naquele momento o detetive iria revelar o assassino , o malvado, o vilão, ele seria definitivamente desmascarado. Que será que era o cruel vilão? Quem teria matado a Senhora Mendonça? ...mistério... Quando lá do banheiro vem aquele apelo meigo, carente e repleto de manha:



Manhêêêêêêêêê! Vem me limpaaaaaar!

Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Quem Viu a Minha Caneta















Ela estava muito agitada. Andava de um lado para o outro isto já estava dando nos nervos dos outros companheiros de trabalho dela.

- O que Foi Denise? O quê aconteceu?

- Não foi nada não. Só estou procurando uma coisinha.

Ela foi embora e não deu mais que quinze minutos lá estava ela de novo, e olha daqui e olha dali e nada de encontrar aquilo que ela queria. A colega de trabalho já estava uma arara com ela. Será que ela não percebia que estava percebendo que estava estressando a colega com aquela agitação toda.

- Não dá nem para virar as costas que toda vez é isso. Cada um tem as suas coisas eu não sei por que pegar as coisas dos outros. Da próxima vez vou amarrar ela com uma corrente e colocar um cadeado quero ver quem é que vai pegar a minha caneta, logo aquela caneta lindinha que eu ganhei do Bruno. Dizia ela enquanto procurava a caneta misteriosamente desaparecida.

A colega só ouvia e não dizia nada. Ela só estava vendo onde é que aquela bagunça ia dar.

- Você não viu mesmo ela por aí, ela é assim, assado. Eu gostava tanto dela. Você não viu ela por ai? Perguntou novamente a Denise.

- Denise, acho que você está precisando de umas féria. A caneta que você ganhou do Bruninho por acaso não é essa que está aí segurando o seu cabelo.

- Ela colocou a mão no cabelo e saiu de fininho...

Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Doutor, Vai Trocar o Piso de Novo





 








Ele já tinha visto gente indecisa, mas como aquele pessoal ali ele ainda estava pra ver. Sem brincadeira nenhuma, ele já tinha trocado o piso do apartamento umas três vezes e ele não entendia qual era a razão para tanta insatisfação.
Da primeira vez ele até que achou que o patrão tinha um pouco de razão porque a instalação do piso do quarto não tinha ficado 100%, o serviço tinha ficado um pouco nas coxas porque ele não tinha muita experiência com aquele tipo de material. Mesmo assim ele tinha feito o melhor que poderia fazer.
Da segunda e da terceira vez não tinha desculpa não. O serviço tinha ficado jóia, chuchu beleza, ele tinha dado tudo de si. Não adiantou nada. Depois de um tempo o patrão falou com ele que não era bem aquilo que ele queria e que o piso ia ser trocado em breve.

Era sempre a mesma história. Ele já estava ficando meio chateado com aquela situação.

Num certo dia o pai do patrão foi lá no apartamento ver como é que andava a instalação do novo piso.

Conversa vai! Conversa vem! O distinto senhor comentou:

- Meu amigo! Pode se preparar: Acho que você vai ainda vai colocar muito piso aqui neste apartamento.

- O senhor acha!

- Acho não, tenho certeza absoluta.

- Porque o doutor tem tanta certeza assim?

- Toda vez que a noiva coloca ele na parede e fala de marcar logo a data do casório é a mesma história, o meu filho sempre inventa alguma coisa para fazer no apartamento. Uma hora é a pintura que não está legal. Outra hora é a instalação elétrica que está com problemas, só de troca de piso já foram quatro.

...


Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - A Mulher de Branco - A Noiva de Branco














Agora os moradores da vila não falavam de outra coisa. Quem era aquela mulher de branco que muitas pessoas disseram ter visto na noite anterior lá na frente da igreja? Algumas pessoas que passaram perto dela falaram que ela estava chorando muito, chorava tanto que soluçava e era um choro carregado de dor e de profunda tristeza.


Outros moradores disseram que também viram uma mulher vestida de branco lá na estrada da Fazenda Aurora. Segundo essas pessoas era uma moça jovem e tinha uma aparência muito abatida e um semblante de pessoa doente. A moça não tinha pé, ficava flutuando à margem da estrada, quando o carro passava o vulto feminino seguia o carro junto à janela do passageiro.

Segundo os moradores mais antigos a moça era a Maria Rosa, uma jovem que havia morrido atropelada muitos anos atrás quando corria pela estrada atrás do seu amado, Armando Soares. Instantes antes de morrer ela falou que voltaria para se vingar do noivo que a havia abandonado no altar no dia do casamento deles.


Uma aranha bem grande e peluda desce do teto. Aaaaaaiiiiii! A aranha caiu nas páginas do livro que ela estava lendo.


Era o sem graça, o anta do marido dela que não deixava ela ler estas histórias de horror porque depois ela não dormia e nem deixava ele dormir.


Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - Um Garotinho Muito Esperto e o Papai Noel


Naquele natal o garotinho de seis anos de idade já tinha sentado no colo de mais ou menos uns quatro Papais Noéis e ele sempre fazia o mesmo pedido:
- Papai Noel, o senhor vai me dar o boneco do Batman?
- Vamos ver filhinho, vamos ver. Durante este ano você se comportou direitinho? Você foi um bom garoto na escola? E em casa, comeu todas as verduras que a sua mãe colocou no prato?
- Eu fui sim! Fui um ótimo menino o ano inteirinho!
O garotinho, observador que só ele, foi logo apertando o Papai Noel com cada pergunta:
- Papai Noel, como é que o senhor faz para estar em todos os shoppings da cidade ao mesmo tempo?
- Bem surpreso com a inteligência incomum do garoto, O bom velhinho teve que rebolar e usar de muita criatividade para sair daquele aperto.
- Filhinho, Eu tenho muitos, e muitos ajudantes porque são muitas crianças e sozinho não tenho como atender todo mundo.
- Ah! Então é por isso que o senhor tem esse celular ai (apontando para o saco aberto que estava ao lado do conectado Seu Nicolau) o meu amigo Robertinho também tem um desses. É com ele que o senhor conversa com os seus ajudantes não é? perguntou o singelo garotinho.
- Sim filhinho, é com ele mesmo. O bom velhinho vendo que aquele garotinho era muito esperto achou melhor dar um jeito para que ele ganhasse logo o presentinho dele senão o espertinho ia acabar colocando ele em péssimos trenóis. quero dizer, em péssimos lençóis. O bom velhinho, olhando para onde estavam os pais do garotinho, com a voz em alto e bom som, justamente para que todos os presentes pudessem ouvir, ele perguntou para a mamãe:
- Ô Mãeee! O garotinho aqui vai ganhar o boneco do Batman, não vaiiii? Ele se comportou direitinho? Comeu toda a comida? Tomou banho, não teve medo do homem do saco?
Agora, foi a mamãe que sei viu apertada e sem saída diante de uma pergunta tão direta e, meio encabulada, diante dos outros pais ela respondeu:
- Ele foi um bom garoto sim! É claro que ele vai ganhar o boneco do Batman.
O garotinho todo feliz da vida disse para o Papai Noel:
- O senhor é o melhor Papai Noel do mundo. Brigado tio.
Ufa! aliviado, suspirou o velho Nicolau.


Edilson Rodrigues Silva

Histórias Engraçadas - História Engraçada - As Estrelas

- Eu acho que o Cruzeiro do Sul é aquele grupo de estrelas que estão ali.
- Não, não são aquelas.
Aquelas são as três Marias.
Não, não é não! As três Marias ficam ali do outro lado.
- Tá bom! Não vamos brigar por causa disso.
-Amor! Você viu o vagalume que acabou de passar?
- Aquilo foi vagalume ou uma estrela cadente?
- Acho que foi vagalume. Vou dar uma olhada. Olha! É um daqueles bem grandão. É um não. São  vários vagalumes! Venha ver que lindo.
-É mesmo! Como esta linda a noite né amor?
-É...
-Você já tinha visto o mundo desse ângulo tão diferente?
Não! Eu jamais imaginei ver o mundo de um lugar tão diferente assim.
- Você não vai me agradecer?
-Agradecer? Por quê?
- Ora! Fui eu quem te proporcionou esta experiência inédita,linda e maravilhosa.
-É. tenho que admitir. É Inédita mesmo.
-Então, não vai me agradecer?
-Claro que não! Sou eu quem vai ter que devolver pro Rubão a barraca que ele mais gosta e ainda por cima com esse baita buracão aqui. Tudo isso só porque você foi colocar um pouco mais de lenha na fogueira e quase que bota fogo no mundo.
- Ah! Amor! Foi sem querer.
- Sei! Vai explicar isso pro Rubão Vai!
....


Edilson Rodrigues Silva

COMO SER FELIZ

MENSAGENS DE ANIVERSÁRIO

CRONICAS MAIS POPULARES

Translate

CURSOS GRATUITOS