Não Foi nada não! - Crônicas muito engraçadas e divertidas - Histórias Engraçadas




















Naquele dia ela estava com uma dor de cabeça muito forte, não foi trabalhar por que não havia a menor condição de enfrentar um dia duro de trabalho nem que ela tomasse uma tonelada de analgésico.


Boa parte daquela dor de cabeça vinha exatamente do seu trabalho era uma pressão danada, uma cobrança atrás da outra. Ela iria passar pelo médico, pegar o atestado, a receita, tomar o remédio e descansar o resto do dia.


Ela estava esperando na sala do médico. Ele tinha ido ver outro paciente na sala ao lado. Quando ele voltou para a sua sala, ao entrar , como ele vinha lendo e andando, tropeça no tapete da entrada e leva um tombo tão grande e fica estatelado lá no chão.


Ela, ao ver aquele homem tão sério ali jogado no chão fica sem saber o que fazer. Ela não sabe se dá risada do tombo ou se ajuda o homem a se levantar. Mas ele, feito raio, levanta-se bate a mão pela roupa e, com os óculos ainda desalinhados, volta-se para ela para dar inicio à consulta. Ela não agüentou e começou a dar risada. E ria... E ria.


Porque ele tinha sido tão rápido em se recompor e como ele reagiu de uma forma como se nada tivesse acontecido, ela achou isto muito engraçado e começou a rir. Quando ele começava a perguntar alguma coisa, ela se lembrava do tombo e ria. Ela não conseguia se controlar de forma nenhuma, a vontade de rir daquela situação era maior do que ela.


De tanto dar risada à dor de cabeça dela até parou. Hoje, quando ela tem que ir a algum consultório médico, ela sempre dá risada só de lembrar-se deste acontecimento.


Edilson Rodrigues Silva

Hoje Você Vai Jogar - Cronicas Engraçadas e Divertidas















O seu maior sonho era jogar futebol, e jogar em time grande, nada de timinho de várzea não. Tanto lutou, participou de várias peneiras, persistiu sem jamais perder as esperanças. Num belo dia apareceu a oportunidade que ele tanto queria: iria jogar num time grande de verdade.
O problema de um time grande é que ele também tem grandes jogadores e por isso a concorrência fica muito acirrada e o que conta no final é que, aqueles atletas que estiverem em melhores condições, é que acabam entrando em campo.

Mesmo os mais preparados, num dia ruim, acabam fazendo uma partida horrível, neste caso, dependendo do estilo do técnico, ele é automaticamente substituído.

Como ele não havia conseguido a vaga de titular, ele seguia treinando normalmente. Durante o jogo esquentava o banco ou ficava conversando um pouquinho com o Alan (O alambrado – cerca de arame que separa a torcida do campo de futebol).

Vira e mexe o treinador falava para ele ir para o aquecimento porque ele iria substituir esse ou aquele, na hora “H” ou o jogador ficava bom quando tinha problemas, ou melhorava o desempenho quando estava num dia de perna de pau, se isso acontecesse não precisava mais da substituição, assim ele voltava para o banco.

Era sempre a mesma coisa. Ele se levantava, fazia o aquecimento vestindo um agasalho, fazia uns alongamentos ao lado do campo, mais uma corridinha, outra... E nada dele entrar. No final ele colocava o agasalho novamente e voltava a se sentar.

O tempo foi passando e sempre era a mesma coisa. Como ele já estava aquecido, para não perder o condicionamento e depois entrar legal na partida ele sempre corria para pegar a bola quando ela saia pela lateral ou pela linha de fundo e, rapidamente colocava a bola em jogo.

E assim o tempo foi passando... E o técnico continuava com as mesmas manias. De repente mais uma oportunidade de jogar:

Gandulla! Vai se aquecer! Hoje você joga. Tenho certeza Gandulla, hoje você joga.



Edilson Rodrigues Silva

É um Trabalho ou um Desfile - Cronicas mais Engraçadas - Histórias Engraçadas

A crise financeira deixou tudo mais dificil, não estava sendo moleza arrumar um emprego. Que bom que ela tinha arrumado pelo menos aquele trabalho para poder pagar as contas mais urgentes depois ela ia ver se arrumava algo melhor. É como diz o ditado popular: É melhor pingar que secar. Pensava ela.
Ela chegou em casa e foi logo colocar as sacolas lá no armário porque o namorado dela ia passar para acompanhá-la numa visita até a casa de uma tia dela que estava doente.
Na manhã seguinte a garota foi se arrumar para ir para o primeiro dia de trabalho. O bom é que ia dar para ela ir a pé porque o lugar onde ela iria ficar era perto da casa dela. A mãe estava lá na cozinha fazendo o café...De repente o que é que ela vê: A filhinha querida dela daquele jeito e, meio surpresa, ela pergunta:
- Ô filha! Tadinha de você minha menina, Você vai fazer promoção de apartamentos ou desfilar numa escola de samba?
Lá estava garota com um macacão listrado de vermelho e amarelo, peruca black verde limão encaracolada, sapatos grandes, buzina e uma baita placona com uma seta no peito que indicava a direção da avenida, Ops! Quero dizer do empreendimento.

Edilson Rodrigues Silva

O Portão da Esperança - Crônicas Engraçadas - Histórias Engraçadas


A situação financeira da família nunca estivera tão ruim. De manhã uma amiga ofereceu um bilhete da rifa de um carro e ela comprou. Agora, ela ficava pensando em como seria bom se ela ganhasse aquele carro, só assim, ela e a família poderiam tirar o pé da lama.


Tudo por causa dessa crise econômica. Há três meses o seu marido estava desempregado e o salário dela era insuficiente para cobrir todas as despesas da casa.


Quando foi à noite, enquanto eles assistiam à televisão, ouviu-se um barulho que veio do portão. Alguma coisa tinha batido forte no portão. Ao saírem para ver o que havia acontecido o marido logo foi gozando com a cara da esposa:


- Olha amor, Deus atendeu a sua oração e já mandou o carro que você estava esperando. E olha que este aqui é um modelo bem melhor do que aquele que você pediu.


Milagres acontecem, sabemos disso. Mas não era este o caso. O carro que estava estacionado duas casas acima, por alguma razão, desceu sozinho e bateu no portão da casa deles provocando um grande estrago. Saíram e procuraram o dono do carro que, na hora, comprometeu a consertar o portão, pois, ele era dono de uma serralheria.


- O senhor é dono de serralheria? Disse ela;


- Sim, Só que não vai dar para fazer o serviço em menos de quinze dias porque estou com falta de funcionários e muito serviço.


- É mesmo! O meu marido é um serralheiro e soldador dos melhores.


- Olha só! Que excelente! O pessoal fala muito bem de vocês aqui na vizinhança quem sabe o senhor não quer trabalhar lá com a gente.


- Claro que quero! Deixe-me o seu endereço e telefone que depois a gente conversa e acerta tudo.


- O.K! Aqui está o meu cartão. Ficarei esperando o seu contato. Até breve.


- Viu só amor, como o meu Deus é poderoso ele mandou mais do que o carro que eu pedi, ele mandou a sua dignidade e a nossa esperança de volta. Hoje, ganhamos na loteria: disse ela.



Edilson Rodrigues Silva

Cuidado com a Samambaia - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas

O que era uma coisa corriqueira agora havia se transformado num verdadeiro exercício de ginástica. Depois que aquela nova moradora instalou-se ali eles não conseguiram mais atravessar com tranqüilidade o quintal.
Logo que a agressiva moradora avistava alguém ela imediatamente tomava posição de defesa e partia para a agressão, nem o cachorro estava livre da fúria dela, muitas vezes ele passava correndo fugindo dos ataques da furiosa moradora, coitado!
Tudo começou no inverno passado, ela veio devagarzinho trazendo parte por parte e finalmente se instalou de vez na samambaia. Agora, ali era o seu lar e ela não permitia que ninguém se aproximasse dele. O vaso de samambaia era daquele tipo de planta que tem as folhas grandes, as folhas lembravam uma alface bem cumprida.
Como o vaso ficava no quintal, foi moleza para a senhora bem-te-vi tomar posse do local. No fundo todos adoravam apreciar a ilustre visitante o único problema é que ela era muito agressiva principalmente tratando-se do seu ninho e dos seus filhotes.
Felizmente os filhotes nasceram, cresceram e foram embora. A samambaia eles trocaram de lugar para evitar que alguma outra sem ninho viesse ali morar.

Edilson Rodrigues Silva

Fala aí Marquinhos - Crônicas muito engraçadas e divertidas - Histórias Engraçadas


Tava todo mundo de bobeira e alguém deu a idéia de irem ao Shopping para paquerar umas gatinhas, pegar uns lanchinhos da hora e curtir um cineminha.
Compraram os ingressos e ficaram do lado de fora da sala esperando até que a entrada fosse liberada. Como sempre, Sábado à noite, a sessão estava lotada. Uma pipoca daqui, um refrigerante dali, põe um som no celular porque depois não vai dar para ouvir mais nada não.
A sala é aberta e, para não ter que sair durante a exibição, um dos quatro garotos resolveu ir ao banheiro. Na casinha ele teve que prolongar um pouco mais a sessão no banheiro devido a problemas com a uma inesperada projeção fisiológica. 
O tempo que ele passou no banheiro foi o suficiente para que todos se acomodassem na sala e as luzes fossem apagadas.
Quando ele chegou à sala ela estava lotada, escura e já havia começado o filme. Ele pensou é só achar o Marquinhos – que sempre usava um boné vermelho e não tirava nem para dormir – Ele ficou de guardar o meu lugar. pensou ele.
Ele olhou, olhou e, lá na esquerda, na terceira fila estava o Marquinhos. Todo aliviado e feliz assim chegou ali perto do amigo ele já foi dando um baita tapão na cabeça do moleque:
- Fala aí Marquinhos!Disse ele.
- Marquinhos o caramba seu mané! Quem é você palhaço! Como é que você vai com essas intimidades com quem você não conhece. Eu sou o Rubão seu otário. Eu vou quebrar a sua cara seu folgado.
O pessoal já prevendo uma confusão enorme dentro do cinema procurou acalmar os ânimos da garotada. Como o Rubão estava com a namorada, isso fez com que ele ficasse mais nervoso ainda. O que é que a gatinha iria pensar dele. O cara ficou muito irado.
Enquanto isso o garoto que bateu no Rubão saiu de fininho. Ele aproveitou o escurinho do cinema e sumiu feito “The flash”..


Edilson Rodrigues Silva

Querido! A sua Carteira. - Cronicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas


Ele estava lá no ponto de ônibus e, como sempre, o ponto estava lotado. Toda manhã era a mesma coisa, como o ponto ficava no meio do caminho, os ônibus que passavam ali já passavam lotados e era isso que deixava não só ele como todo o povo estressado.


Enquanto ele estava esperando o coletivo ele ficava lá pensando nas coisas que ele tinha que resolver no escritório: Contratos, concluir o inventário semestral, a procuração para o Seu Mário... De repente:


- Querido! Querido!


- Mulher! O que foi, aconteceu alguma coisa com as crianças? Disse ele dirigindo-se á sua mulher que vinha correndo desesperadamente ao seu encontro.


- Não amor! Olha, você esqueceu a sua carteira na mesa.


- Ufa! Ô mulher você quer me matar do coração? Porque você não ligou no meu celular? Eu pensei que tinha acontecido alguma coisa com as crianças ou que o nosso apartamento estivesse pegando fogo... De qualquer modo, obrigado querida!


- O que foi? Porque você está me olhando desse jeito? Você não está feliz de me ver aqui? Tem algum problema com o meu cabelo? Disse a mulher dele.


- Não! Com o seu cabelo não tem problema não.


- Então, Por que você está com essa cara tão estranha?


- Você bem que podia ter colocado outro roupão e não esse da vaquinha mimosa que a Sasha comprou na semana passada.


- Ô amor! Desculpe-me. Foi à primeira coisa que eu vi. Será que é por isso que esse povo todo não tira o olho de mim?



















Edilson Rodrigues Silva

Bola Certeira - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Textos Engraçados




Já estava combinado: todo sábado à tarde era dia de jogar taco – aquele jogo que tem o taco de madeira, casinha de madeira, e tem que ficar cruzando e batendo os tacos caso o companheiro consiga rebater a bola e mandar ela bem longe do adversário – por falar em rebater a bolinha, algumas vezes essas rebatidas acabavam indo parar nos lugares mais estranhos possíveis: nas vidraças dos vizinhos, nos carros, nas pessoas que passavam próximas, nas lâmpadas e também no bar do seu Antônio.


Quando a bolinha ia parar dentro do bar do seu Antônio era problema, se outra pessoa a pegasse devolveria porque todo mundo gostava de ver a turma jogando taco, era uma turminha muito feliz e animada, só que a animação logo terminava se fosse o seu Antônio quem pegasse a bolinha, era facão na bolinha, com certeza, isso era.


A bolinha que eles usavam para jogar era dessas bolinhas de camurça que são usadas nas partidas de tênis, quando o seu Antônio pegava alguma delas ele cortava imediatamente ela ao meio como se estivesse cortando uma laranja e depois jogava na rua.


Havia dias em que a única bolinha do jogo tinha a infelicidade de parar nas mãos cruéis do temível dono do bar, aí não tinha mais jogo não, a molecada ficava triste e era insulto de tudo quanto é jeito para o cortador de bolinhas inocentes.
Às vezes ele estava de bom humor e até liberava a bolinha sem ferimento nenhum, ele não fazia nada para a pobre, mas na maioria das vezes ele passava a faca, principalmente se tivesse quebrado alguma coisa ou acertado alguém lá dentro do bar.
Num certo dia, estava lá dentro do bar do seu Antônio, um cara que já havia bebido todas e mais um bocado ainda. Ele estava deixando todo mundo irritado e ninguém estava suportando mais a presença do cidadão, por obra do destino, neste dia, que era um sábado à tarde, a garotada estava jogando o tão prestigiado joguinho de tacos.


Foi então que numa rebatida fenomenal a bolinha atinge uma velocidade nunca antes atingida na história deste país e acerta em cheio a cabeça do cidadão que estava perturbando o dominó da turma lá no bar do seu Antônio.


Assim que o cidadão recebeu a pancada na cuca, ele foi a lona, caiu feito um coco maduro. Como o homem estava nocauteado e completamente sem sentidos, tiveram que chamar o resgate que levou ele para o hospital mais próximo e nunca mais ouviu-se falar dele.


Depois deste dia o Seu Antônio não era mais a mesma pessoa, ele começou a olhar o jogo de taco diferente: de três bolinhas que caiam dentro do bar, ele só cortava uma.


È! não tinha mudado muito não. Mas já era uma evolução.



Edilson Rodrigues Silva

O primeiro Dia da Primavera - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas

















Era inicio de primavera, a manhã de domingo ainda estava nas primeiras horas, quase ninguém havia acordado ainda. Um sol bem gostoso, o céu azul e os cachorros alegremente brincando na praça. Ainda dava para ver, sobre a verde grama, os últimos vestígios da belíssima florada do ipê amarelo e as muitas flores do jacarandá mimoso.


Os cachorros divertiam-se muito corriam de um lado para o outro, o mais sapeca era o amarelinho, o pretinho era um pouco mais sério, mais centrado, assim meio durão. Mas era só o espevitado do amarelinho aparecer para provocá-lo mordendo a sua orelha, o rabo ou uma das patas, que ele logo correspondia como um sorriso, e depois pulava em cima do amarelinho e os dois rolavam grama abaixo.




Era o caminho para a padaria, não há como não parar e apreciar este momento de felicidade simples e muito divertido. Faz muito tempo que você leitor, não observa dois cães brincando? Está cada dia mais difícil de ver, você não acha?


Paravam um pouquinho para um gole de água que ficava na vasilha ali na calçada em frente à casa de uma senhora que bondosamente, todos os dias, lhes davam água e comida. Depois voltavam à carga, era uma correria entre as árvores, no meio dos bancos, e esconde de cá e corre para lá. Depois uns pulos, e um mordendo o pescoço do outro, e pega na pata, na barriga, deitam... Uma pausa... Latidos fortes e ameaçadores. Um cachorro estranho está passando pela praça... Num equilibrado trabalho de equipe eles prontamente espantam o intrometido...


Estão voltando... Começa tudo novamente, e corre pra lá, e deitam na grama, e assim vão vivendo, e rolando, e mordendo, e correndo felizes.


Edilson Rodrigues Silva

Condomínio é Fogo! Fogo? - Crônicas muito engraçadas e divertidas - Histórias Engraçadas


Depois de muitos anos lutando, agora eles estavam ali, observando a paisagem. Não era a paisagem que eles haviam sonhado, mas era a paisagem que foi possível comprar. Eles lutaram muitos anos para comprar aquele pequeno apartamento financiado a perder de vista.


O casal está na sacada do apartamento, estão recordando algumas situações difíceis do passado e deleitando-se com as conquistas do presente. Depois de anos e anos de sonhos tudo havia se concretizado. O apartamento, os móveis, o carro na vaga... De repente... Ploft!


- Amor! O que é isso? Eu não acredito. Não venha me dizer que isso é o que eu estou pensando que é?


- Infelizmente é sim meu bem. É côcô de cachorro sim.


- Ai, que nojo! – pois havia caído sobre o seu ombro e a sua cabeça – Ô povinho sem educação. É isso que dá mudar para condomínio novo. Esses sem educação ainda pensam que estão no quintal de casa e mandam tudo quanto é lixo janela abaixo. Isso não vai ficar assim não, vou reclamar para o síndico. Essa gentinha tem que mudar e ver que já não estão mais num lugar qualquer que há regras a serem cumpridas...


Enquanto ela ainda falava... Ploft! Ploft! Caem mais duas casacas de ovo e um papel de bombom.




Edilson Rodrigues Silva

Que pernas lindas - Cronicas engraçadas e divertidas - Histórias Engraçadas



















Ela sempre passava por alí, embora só tivesse dezesseis anos ela era vaidosa e de certa forma um pouco insegura. Quando passava por lá os rapazes que trabalhavam na oficina e, que ficavam sentados na calçada descansando por conta do horário de almoço, quando percebiam que ela estava se aproximando preparavam-se para a azaração.
Quando ela passava pela calçada, mesmo que do outro lado da rua, ela morria de vergonha. Entretanto, não havia saída era o caminho mais curto para chegar até à sua casa.
Algumas vezes alguém dizia:
“ Oi gracinha! Que pernas de saracura lindas você têm” ou “ lá vem a gracinha com as pernas de saracura mais lindas que eu já vi”
Ela não sabia bem o porquê, mas naquela idade ela gostava de ouvir aquelas coisas. Como ela não recebia muitos elogios, ela gostava dos poucos que recebia e, por outro lado, ela achava aquele nome – saracura - um nome bonito. Só mais tarde, lá por volta dos seus vinte anos de idade é que ela ficou sabendo que saracura é uma ave pantaneira que têm as perninhas bem fininhas.
Nem precisa falar que ela ficou bastante triste e profundamente decepcionada com está tardia revelação.

Edilson Rodrigues Silva

Apóstolo Valdemiro Santiago - Valdomiro Santiago - Oração - Adoração - Pregação – Pregações



















Pregações maravilhosas do Evangelho de Jesus Cristo com o Apóstolo Valdemiro Santiago da Igreja IMPD ( Igreja Mundial do Poder de Deus)

Arquivos de aúdio e vídeo com pregações do apóstolo Valdemiro Santigo que foram feitas nas reuniões da IMPD ( Igreja Mundial do Poder de Deus).Embora a Jesus Cristo já tenha dado a salvação para todos os homens se entregando em sacríficio pelos nossos pecados, Muitos ainda não desfrutam deste maravilhoso gesto de amor do Nosso Deus maravilhoso.Lá você encontrará diversos arquivos com:



- Adoração à Deus com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Oração de adoração e agradecimento ao Deus todo poderoso com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Oração de Cura e Libertação Espiritual feita pelo Apóstolo Valdemiro Santiago;
- Oração para a Cura das Doenças com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Clamor para pedir a Deus um Milagre Urgente na Sua vida com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Oração e Pregações para o seu desenvolvimento e Prosperidade com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Aprenda a usar a sua fé ouvindo às pregações do Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Pregações para a Salvação feitas pelo Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Testemunhos maravilhosos sobre Curas e Milagres que ocorreram na IMPD - Apóstolo Valdemiro Santiago.



Como ter acesso aos arquivos?



Basta clicar nos link abaixo:



http://www.4shared.com/dir/22652426/3d20cd48/sharing.html


Para você baixar as pregações vá até o site do 4 Shared: http://4shared.com . Na caixa de busca selecione a opção " Qualquer arquivo " e depois digite na qualquer um dos nomes abaixo:


Valdemiro Santiago;

Valdomiro Santiago;

IMPD;

Cid Moreira;
Louvor gospel



No 4 Shared, Quando você observar uma pasta amarela com uma mão embaixo dela chamada " NA PASTA TEM MAIS" e ao lado dela estiver escrito: Minhas pastas compartilhadas ou My shared, entre nela que lá você encontrará uma variedade muito grande de arquivos de pregações com o Apóstolo Valdemiro Santiago, Clips gospel, orações, videos diversos e muitos arquivos de aúdio com o Cid Moreira.




Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.

Politica de privacidade

Política de Privacidade
Última modificação: 31 de março de 2014 (visualizar versões arquivadas)
Existem muitas maneiras diferentes pelas quais você pode usar nossos serviços – pesquisar e compartilhar informações, comunicar-se com outras pessoas ou criar novo conteúdo. Quando você compartilha informações conosco, por exemplo, criando uma Conta do Google, podemos tornar esses serviços ainda melhores – mostrar-lhe resultados de pesquisa e anúncios mais relevantes, ajudá-lo a se conectar com pessoas ou tornar o compartilhamento com outras pessoas mais rápido e fácil. Quando você usa nossos serviços, queremos ser claros quanto ao modo como estamos usando suas informações e ao modo como você pode proteger sua privacidade.
Nossa Política de Privacidade explica:
  • Quais informações coletamos e por que as coletamos.
  • Como usamos essas informações.
  • As opções que oferecemos, incluindo o modo de acessar e atualizar informações.
Tentamos manter tudo o mais simples possível, mas se você não estiver familiarizado com termos como cookies, endereços de IP, pixel tags e navegadores então leia sobre esses termos-chave primeiro. Sua privacidade é importante para o Google, portanto, sendo você um usuário novo ou antigo do Google, por favor reserve um tempo para conhecer nossas práticas. E, se você tiver alguma dúvida, consulte esta página.

Informações que coletamos

Coletamos informações para fornecer serviços melhores a todos nossos usuários – desde descobrir coisas básicas, como o idioma que você fala, até coisas mais complexas, como os anúncios que você achará mais úteis ou as pessoas on-line que são mais importantes para você..
Coletamos informações de duas maneiras:
  • Informações fornecidas por você. Por exemplo, muitos de nossos serviços exigem que você se inscreva em uma Conta do Google. Quando você abre essa conta, pedimos informações pessoais, como seu nome, endereço de e-mail, número de telefone ou cartão de crédito. Se você quiser aproveitar ao máximo os recursos de compartilhamento que oferecemos, podemos também pedir-lhe para criar um Perfil do Google publicamente visível, que pode incluir nome e foto.
  • Informações que pedimos a partir do uso que você faz de nossos serviços. Podemos coletar informações sobre os serviços que você usa e como os usa, como quando você visita um website que utiliza nossos serviços de publicidade ou quando você vê e interage com nossos anúncios e conteúdo. Essas informações incluem:
    • Podemos coletar informações específicas do dispositivo (como seu modelo de hardware, versão do sistema operacional,identificadores exclusivos de produtos e informações de rede móvel, inclusive número de telefone). O Google pode associar seus identificadores de dispositivo ou número de telefone com sua Conta do Google.
    • Informações de registro
      Quando você usa nossos serviços ou visualiza conteúdo fornecido pelo Google, podemos coletar e armazenar automaticamente determinadas informações em registros do servidor. Isso pode incluir:
      • detalhes de como você usou nosso serviço, como suas consultas de pesquisa.
      • informações de registro de telefonia, como o número de seu telefone, número de quem chama, números de encaminhamentos, horário e data de chamadas, duração das chamadas, informações de identificador de SMS e tipos de chamadas.
      • Endereço de protocolo de Internet
      • informações de evento de dispositivo como problemas, atividade de sistema, configurações de hardware, tipo de navegador, idioma do navegador, data e horário de sua solicitação e URL de referência.
      • cookies que podem identificar exclusivamente seu navegador ou sua Conta do Google.
    • Informações do local
      Quando você usa um serviço do Google capaz de identificar a sua localização, podemos coletar e processar informações sobre sua localização real, como sinais de GPS enviados por um dispositivo móvel. Além disso, podemos usar várias tecnologias para determinar o local, como dados de sensor de seu dispositivo que podem, por exemplo, fornecer informações sobre pontos próximos de acesso Wi-Fi e torres de celular.
    • Números de aplicativo exclusivos
      Determinados serviços incluem um número de aplicativo exclusivo. Este número e as informações sobre sua instalação (por exemplo, o tipo de sistema operacional e o número da versão do aplicativo) devem ser enviados ao Google quando você instalar ou desinstalar esse serviço ou quando esse serviço entrar em contato periodicamente com nosso servidores, como para atualizações automáticas.
    • Armazenamento local
      Podemos coletar e armazenar informações (inclusive informações pessoais) localmente em seu dispositivo usando mecanismos como armazenamento no navegador da web (inclusive HTML 5) e caches de dados de aplicativo.
    • Cookies e identificadores anônimos
      Nós, juntamente com nossos parceiros, usamos várias tecnologias para coletar e armazenar informações quando você visita um serviço do Google e isso pode incluir o envio de um ou mais cookies ou identificadores anônimos para seu dispositivo. Também usamos cookies e identificadores anônimos quando você interage com serviços que oferecemos a nossos parceiros, como serviços de publicidade ou recursos do Google que podem aparecer em outros sites.

Como usamos as informações que coletamos

Usamos as informações que coletamos em todos nossos serviços para fornecer, manter, proteger e melhorar esses serviços, desenvolver novos e proteger o Google e nossos usuários. Também usamos essas informações para oferecer ao usuário um conteúdo específico - como fornecer para o usuário resultados mais relevantes de pesquisa e anúncios.
Podemos usar o nome que você fornece em seu Perfil do Google em todos os serviços que oferecemos que exigem uma Conta do Google. Além disso, podemos substituir seus nomes antigos associados com sua Conta do Google de modo que você esteja representado de maneira consistente em todos nossos serviços. Se outros usuários já tiverem seu e-mail ou outras informações que identifiquem você, nós podemos mostrar-lhes suas informações do Perfil do Google publicamente visíveis, como seu nome e sua foto.
Ao entre em contado com o Google, podemos manter um registro de sua comunicação para ajudar a resolver qualquer problema que você possa ter. Podemos usar seu endereço de e-mail para informá-lo sobre nossos serviços, como aviso sobre as próximas mudanças ou melhorias.
Usamos as informações coletadas de cookies e de outras tecnologias, como etiquetas de pixel, para melhorar a experiência de usuário e a qualidade geral de nossos serviços. Por exemplo, salvando suas preferências de idioma, nossos serviços aparecerão no idioma que você preferir. Ao exibirmos anúncios personalizados, não associaremos cookies de navegador ou identificadores anônimos a determinadas categorias, como aquelas baseadas em raça, religião, orientação sexual ou saúde.
Podemos combinar informações pessoais de um serviço com informações, inclusive informações pessoais, de outros serviços do Googlepara facilitar o compartilhamento de informações com pessoas que você conhece, por exemplo. Não combinaremos informações do cookie da "DoubleClick" com informações de identificação pessoal, exceto se tivermos sua autorização (“opt-in”) para tanto.
Solicitaremos sua autorização antes de usar informações para outros fins que não os definidos nesta Política de Privacidade.
O Google processa informações pessoais em nossos servidores de muitos países do mundo. Podemos processar suas informações pessoais em um servidor localizado fora do país em que você vive.

Transparência e escolha

As pessoas têm diferentes preocupações sobre privacidade. Nosso objetivo é a clareza quanto às informações que coletamos, de modo que você possa fazer escolhas importantes sobre como elas são usadas. Por exemplo, você pode:
  • Rever e controlar determinados tipos de informações ligados a sua Conta do Google por meio do Google Dashboard.
  • O usuário pode visualizar e editar suas preferências sobre os anúncios exibidos no Google e na Web, como as categorias de seu interesse, por meio das Configurações de anúncios. O usuário também pode desativar determinados serviços de anúncios da Google aqui.
  • Use nosso editor para ver e ajustar a forma como seu Perfil do Google é mostrado a indivíduos em particular.
  • Controle com quem você compartilha informações.
  • Obtenha informações de muitos de nossos serviços.
Você também pode configurar seu navegador para bloquear todos os cookies, inclusive cookies associados com nossos serviços, ou para indicar quando um cookie estiver sendo configurado por nós. Entretanto, é importante lembrar que muitos de nossos serviços podem não funcionar de maneira adequada se seus cookies estiverem desativados. Por exemplo, pode ser que não nos lembremos de suas preferências de idioma.

Informações que você compartilha

Muitos de nossos serviços permitem que você compartilhe informações com outras pessoas. Lembre-se de que quando você compartilha informações publicamente, elas podem ser indexadas por mecanismos de pesquisa, inclusive o Google. Nossos serviços oferecem a você várias opções de compartilhamento e remoção de seu conteúdo.

Acesso e atualização de suas informações pessoais

Sempre que você usa nossos serviços, nosso objetivo é oferecer-lhe acesso a suas informações pessoais. Se essas informações estiverem erradas, nos empenhamos em lhe oferecer maneiras rápidas de atualizá-las ou excluí-las – exceto quando temos de mantê-las para fins comerciais legítimos ou jurídicos. Ao atualizar suas informações pessoais, podemos solicitar que você confirme sua identidade antes de atendermos sua solicitação.
Podemos recusar as solicitações que sejam repetitivas, que requeiram esforço técnico desproporcional (por exemplo, desenvolvimento de um novo sistema ou mudança fundamental de uma prática existente), coloquem em risco a privacidade de outros ou que sejam extremamente impraticáveis (por exemplo, solicitações referentes a informações localizadas em sistemas de backup).
Nos casos em que pudermos fornecer acesso e correção de informações, faremos isso gratuitamente, exceto quando isso exigir esforço desproporcional. Nosso objetivo é manter nossos serviços de modo a proteger informações de destruição acidental ou maliciosa. Assim, depois de excluir informações de nossos serviços, não podemos excluir imediatamente cópias residuais de nossos servidores ativos e pode não ser possível remover informações de nossos sistemas de backup.

Informações que compartilhamos

Não compartilhamos informações pessoais com empresas, organizações e indivíduos externos ao Google, salvo em uma das seguintes circunstâncias:
  • Com sua autorização
    Compartilharemos informações pessoais com empresas, organizações ou indivíduos externos ao Google quando tivermos sua autorização para isso. Solicitamos autorização (“opt-in”) para compartilhamento de quaisquer informações sensíveis de caráter pessoal.
  • Com administradores de domínios
    Se sua Conta do Google for administrada por um administrador de domínio (por exemplo, para usuários do Google Apps), então seu administrador de domínio e revendedores que fornecem suporte de usuário a sua organização terão acesso às informações de sua Conta do Google (inclusive dados de e-mail e outros dados). Seu administrador de domínio pode ser capaz de:
    • visualizar estatísticas de sua conta, como estatísticas relacionadas a aplicativos que você instala.
    • alterar a senha de sua conta.
    • suspender ou encerrar o acesso a sua conta.
    • acessar ou reter informações armazenadas como parte de sua conta.
    • receber informações de sua conta para satisfazer qualquer legislação, regulação, processo legal ou solicitação governamental aplicável.
    • restringir sua capacidade de excluir ou editar informações ou configurações de privacidade.
    Por favor, consulte a política de privacidade de seu administrador para mais informações.
  • Para processamento externo
    Fornecemos informações pessoais a nossas afiliadas ou outras empresas ou pessoas confiáveis para processá-las para nós, com base em nossas instruções e em conformidade com nossa Política de Privacidade e quaisquer outras medidas de segurança e de confidencialidade adequadas.
  • Por motivos legais
    Compartilharemos informações pessoais com empresas, organizações ou indivíduos externos ao Google se acreditarmos, de boa-fé, que o acesso, uso, conservação ou divulgação das informações seja razoavelmente necessário para:
    • cumprir qualquer legislação, regulamentação, processo legal ou solicitação governamental aplicável.
    • cumprir Termos de Serviço aplicáveis, inclusive investigação de possíveis violações.
    • detectar, impedir ou abordar de alguma outra forma fraude, questões técnicas ou de segurança.
    • proteger contra dano aos direitos, a propriedade ou a segurança do Google, nossos usuários ou o público, conforme solicitado ou permitido por lei.
Podemos compartilharinformações de identificação não pessoais agregadas publicamente e com nossos parceiros – como sites de editores, anunciantes ou sites relacionados. Por exemplo, podemos compartilhar informações publicamente para mostrar tendências sobre o uso geral de nossos serviços.
Se o Google estiver envolvido em uma fusão, aquisição ou venda de ativos, continuaremos a garantir a confidencialidade de qualquer informação pessoal e avisaremos os usuários afetados antes que as informações pessoais sejam transferidas ou sejam submetidas a uma política de privacidade diferente.

Segurança das informações

Trabalhamos com afinco para proteger o Google e nossos usuários de acesso não autorizado ou alteração, divulgação ou destruição não autorizada das informações que detemos. Especificamente:
  • Criptografamos muitos de nossos serviços usando SSL.
  • Oferecemos a você uma verificação em duas etapas quando você acessa sua Conta do Google e um Recurso de Navegação segurano Google Chrome.
  • Analisamos nossa coleta de informações, práticas de armazenamento e processamento, inclusive medidas de segurança física, para proteção contra acesso não autorizado aos sistemas.
  • Restringimos o acesso a informações pessoais por parte de empregados, contratados e representantes do Google que necessitam saber essas informações para processá-las para nós, e que estão sujeitos a rigorosas obrigações contratuais de confidencialidade, podendo ser processados ou dispensados se deixarem de cumprir tais obrigações.

Quando esta Política de Privacidade se aplica

Nossa Política de Privacidade se aplica a todos os serviços oferecidos pelo Google Inc. e suas afiliadas, inclusive serviços oferecidos em outros locais (como nossos serviços de anúncio), mas exclui serviços que têm políticas de privacidade separadas que não incorporam esta Política de Privacidade.
Nossa Política de Privacidade não se aplica a serviços oferecidos por outras empresas ou indivíduos, inclusive produtos ou sites que podem ser exibidos a você nos resultados de pesquisa, sites que podem incluir serviços do Google, ou outros sites com links de nossos serviços. Nossa Política de Privacidade não abrange as práticas de informação de outras empresas e organizações que anunciam nossos serviços e que podem usar cookies, pixels tags e outras tecnologias para oferecer anúncios relevantes.

Compliance e cooperação com as autoridades reguladoras

Revisamos regularmente nosso cumprimento com a Política de Privacidade. Aderimos também a várias estruturas auto-reguladoras. Quando recebemos reclamações formais por escrito, entramos em contato com o autor da reclamação para acompanhamento. Trabalhamos com autoridades reguladoras apropriadas, inclusive autoridades locais de proteção de dados para resolver quaisquer reclamações referentes à transferência de dados pessoais que não podemos resolver diretamente com nossos usuários.

Alterações

Nossa Política de Privacidade pode ser alterada de tempos em tempos. Nós não reduziremos seus direitos nesta Política de Privacidade sem seu consentimento explícito. Publicaremos quaisquer alterações da política de privacidade nesta página e, se as alterações forem significativas, forneceremos um aviso com mais destaque(incluindo, para alguns serviços, notificação por e-mail das alterações da política de privacidade). Também manteremos as versões anteriores desta Política de Privacidade arquivadas para você visualizá-las.

Práticas específicas de produto

Os seguintes avisos explicam as práticas de privacidade específicas em relação a determinados produtos e serviços do Google que você pode usar:
Além disso, materiais úteis relacionados a privacidade e segurança podem ser encontrados nas páginas de políticas e princípios do Google, incluindo:

Um Susto bem Dado - Crônicas Engraçadas e Divertidas

A molecada não é fácil não. Eles passaram o final de semana inteirinho bolando um jeito de fazer aquela travessura. Depois de planejarem tudo direitinho chegaram à melhor opção. 
O plano era o seguinte: um deles arrumaria um boneco destes de manequim que não fosse muito pesado, outro arrumaria roupas velhas que fossem escuras e assustadoras e os demais cuidariam da instalação do boneco na árvore.
A árvore escolhida era a maior que existia próxima ao muro do cemitério. O controle do boneco seria feito do primeiro andar de um apartamento vizinho a árvore. Tudo instalado e, um detalhe importante, junto à corda que segurava o boneco ia também um fio que dava numa pequena caixa acústica. Agora, era só esperar o cair da noite e divertir-se com a reação das pessoas que passassem por ali.
Era só alguém, ou um grupo de pessoas se aproximarem da árvore que o espírito do além descia suavemente do alto e dizia:
- Eu vim te buscaaaaaaarrrrrr! Venhaaaaaaaaaa comigoooooooo!
Olha, ninguém ficava lá mais do que milésimos de segundos, o susto era tão grande que às pessoas saíam correndo de qualquer forma, tropeçando, deixando cair os pertences. Era muito divertido. Quando as pessoas se afastavam eles puxavam a corda novamente e o boneco sumia no meio da densa folhagem da árvore.
O sucesso da brincadeira foi tão grande que começou a juntar pessoas nas janelas vizinhas só para ver a reação das pessoas. Aquele inverno de noites frias e geladas foi muito aquecido pelas divertidas aparições da estranha alma do além.

Edilson Rodrigues Silva

Irado mano! - Imagens engraçadas

Pedro devolve o Meu Chip - Cronicas Engraçadas e Divertidas
















Pedro devolve o meu chip!
Pedro devolve o meu chip!

 
Ela gritava com força diante da portaria do edifício onde morava o gatuno do Pedro. Ele havia subtraído o seu tão precioso chip.



Como o Pedro pode fazer isto com ela. Logo com ela que o amava acima de qualquer coisa. Como?



Na verdade ninguém vai conseguir saber quais são as verdadeiras razões que levaram o Pedro a executar tão terrível plano, planejar e seqüestrar de forma tão cruel o chip querido da garotinha.



Agora, lá estava ela. Prostrada, revoltada e expondo se a todos os tipos de comentários maldosos e maliciosos. E o que é pior: ela estava passando de vítima a criminosa. A sua imagem estava sendo veiculada na internet como uma desequilibrada, uma anormal, uma perturbada. Só porque ela estava ali lutando por uma coisa que era dela, querendo que fosse feito justiça. Justiça! Justiça!



Por isso ela gritava na noite escura:



- Pedro! Devolve o meu Chip!



- Pedro! Devolve o meu Chipeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!




Edilson Rodrigues Silva

COMO SER FELIZ

MENSAGENS DE ANIVERSÁRIO

CRONICAS MAIS POPULARES

Translate

CURSOS GRATUITOS