No Oculista - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


Na sala de espera do oculista dois senhores conversavam sobre o exame de visão que eles acabaram de fazer.
- E então! Como o senhor foi de exame das vistas?
Perguntou o primeiro senhor.
- O meu exame foi excelente! A minha visão está muito boa. Respondeu o segundo senhor.
- O meu exame também fui muito bom. Éééé! o tempo vai passando e a gente vai ficando cada vez mais limitado né? Antes, lá na Caixa Econômica Federal eu subia e descia as escadas e nem suspirava, hoje, quando eu chego lá em cima parece que acabei de escalar o Everest. Pelo menos a minha visão está legal. Disse o primeiro senhor.
- Nem me diga! Você tem razão. A minha visão era perfeita. Jamais imaginei ter que usar óculos. No ano passado, naquela tabela que tem um monte de “E” virado pra direita, prá esquerda, prá baixo e prá cima eu ainda, com facilidade, enxergava aquelas duas fileiras de baixo. Este ano, mesmo de óculos foi uma dificuldade...Nem ler direito o papel da aposentadoria eu estou conseguindo. Disse o segundo homem.
- Duas fileiras de baixo?! Que duas fileiras de baixo? Perguntou o Primeiro homem.

Edilson Rodrigues Silva

Filosofia - O Sentido da Vida - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados



Ele estava há muito tempo querendo encontrar um sentido para a sua vida. Ele procurava aqui... E nada! Procurava ali... E mais uma vez: Nada! 
Ele não conseguia encontrar nenhuma resposta que lhe trouxesse a tão desejada iluminação e a paz interior. Ele resolveu buscar ajuda e foi até o distante Tibet para falar com um antigo mestre Zen:
- Mestre qual é o sentido da vida? Perguntou o rapaz.
- Minha sentido do vida estar no sala dourada. Serenamente, respondeu o grande sábio.
Mestre será que eu poderia ver o que é que dá tanto sentido assim para a vida do senhor?
- Jovem ocidental, muita apressada! Primeiro Meditar uns meses e depois ver sentido do meu vida. Calmamente disse o grande mestre zen.
Passou a o outono, o inverno... Depois de meses o jovem ocidental foi falar novamente com o grande mestre.
- Mestre! Já meditei muito sobre o sentido da minha vida e, confesso que não obtive nenhuma resposta reveladora. Será que agora eu poderia ver o que é que tem lá na sala dourada?
- Sim meu Jovem ocidental! Você estar bom preparado. É hora de você conhecer o que é que faz o sentido do meu vida, pode entrar no sala dourada. Disse o mestre.
Instantes mais tarde o jovem voltou com um ar bastante decepcionado e disse:
- Mestre! Na sala, só encontrei uma travessa com cerejas e nada mais. Isso é alguma brincadeira? Onde está o sentido da sua vida.
- Jovem! O sentido do meu vida é esse que você ver lá: a travessa com cerejas, há muitos anos atrás, no meu coração, eu tive esse revelação. Cada um tem a seu! Uns colocam seu coração no dinheiro outros nos pessoas.....

Edilson Rodrigues Silva

Emprego - Verdades entre parênteses - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados













As verdades entre parênteses que ninguém diz.
Um rapaz despedindo-se dos colegas da empresa onde ele trabalhou durante muitos anos escreveu:

Amigos

(Trouxas)


Chegou a minha vez de me despedir de todos vocês. Os últimos anos foram maravilhosos. Foi um excelente impulso para a consolidação e o desenvolvimento da minha carreira profissional, mas é com o coração triste e já tomado pela inevitável saudade que partirei em busca de novos desafios.

(Estou caindo fora desta Porcaria. Após anos de exploração contínua, salário de fome e benefícios ridículos finalmente consegui arrumar um emprego descente. hoje, sou funcionário público e ainda ganho duas vezes mais)


Gostaria de deixar meus agradecimentos a todas as pessoas que foram fundamentais na minha formação profissional. Pessoas que me apoiaram e me compreenderam durante todos estes lindos anos.

(Abaixo segue a lista dos indivíduos que, durante anos, transformaram a minha vida num baita inferno. Existem ainda muitos outros idiotas, mas no momento só me lembro deste bando de imbecis aqui...)


Em especial fica um forte abraço para o Cavalcante, meu chefe, meu amigo que, ao longo desta jornada foi mais que um pai, me orientou e me deu dicas preciosas.

(#*@$!... Do Cavalocante pelos gritos e comentários insuportáveis. Obrigado seu animal! Que, com o seu inconfundível e característico mau humor era capaz de deixar triste até o Martinho da Vila)


Para toda a equipe da Área de Recursos Humanos, em especial para a Bianca, pela simpatia e larga disposição para resolver os meus problemas e também por ter me contratado (Hê! Hê!);

(Para os nós cegos do Rh que, na cara dura, metiam a mão no meu salário e chegaram até a descontar o papel higiênico. À dona Bianca pelo excelente mau humor de sempre e o fabuloso saco cheio para ajudar quem quer que seja)


A nossa grande e maravilhosa equipe da filial da Argentina, pela colaboração e apoio de sempre.

(Aos fregueses da filial da Argentina, incapazes de reconhecer o Pelé como o maior jogador de futebol de todos os tempos e, incompetentes para resolver qualquer problema por conta própria. Por causa deles perdi inúmeros finais de semana para ajudá-los em situações que qualquer menino sem experiência resolveria)


Fica aqui o meu grande abraço para todos vocês, pelas risadas, happy-hours, problemas resolvidos e desafios enfrentados. Tenho orgulho de ter feito parte desta família maravilhosa.

(Adeus Cambada! Chega de fofoca, incompetência, baixo nível, picuinha e palhaçada. Morram de inveja!)


Sei que nos encontraremos em breve.

(Até que enfim! Não terei mais que agüentar vocês... Encontrar com alguém? Nem a pau Juvenal! Fui!)


Abraços


(Vai todo mundo prá..@&%$*#.)


Edilson Rodrigues Silva - Adaptado da Internet

Cuidado! Pedaço de mau caminho - Imagens engraçadas

Emprego - Elevador, o relatório - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados





















A gerente do departamento de obras da prefeitura solicitou à empresa de manutenção de elevadores que eles fizessem uma avaliação no elevador social do edifìcio onde ficava a prefeitura. 
No elevador às pessoas diziam estar ouvindo uns barulhos estranhos. Parecia até que o elevador subia e descia com o fantasma das correntes. diziam alguns funcionários públicos.
O técnico da empresa de manutenção foi até o local, fez a avaliação e, posteriormente, mandou este e-mail para a gerente.
Prezada gerente,
Bom dia! Tudo bem com a senhora?
Olha, estivemos fazendo a avaliação do elevador social e ele está liberado. Aparentemente o ajuste que fizemos ficou muito bom. Entretanto, devemos esperar o relatório final (Que será enfiado o mais rápido possível), só aí podermos
chegar à uma conclusão definitiva. Na pior das hipóteses uma revisão completa deve sair por volta de mil e quinhentos reais. 

Obrigado pela atenção,

Engº. Luis Antônio - Depto. De manutenção

Edilson Rodrigues Silva

Gripe H1N1, Tô Fora! - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


- Brunão! Você aqui meu irmão! Tá com medo da gripe do porco é..?
- Medo! Claro que não! Com a saúde não se brinca né mano? E aí Paulão, tudo beleza contigo meu camarada? Quanto tempo que a gente não se vê né?
- É faz um tempão mesmo. Desde que eu sai da academia que a gente não se tromba mais. Eu passei num concurso público e tive que assumir o cargo lá em Brasília...E aí tá lutando Jiu-Jitsu ainda?
- Ôôô! Eu tenho treinado bastante para o campeonato Brasileiro que vai acontecer em maio no Rio de Janeiro. O campeonato Brasileiro é muito bom, mas o meu objetivo mesmo é me preparar para o campeonato mundial que vai acontecer um mês depois em Long Beach – Califórnia, EUA. E você sabe que, lá o pessoal não pega leve, é só pedreira. E você parou mesmo?
- É! Eu tive que parar. Pintou outras coisas e não deu para continuar. Ultimamente tenho estudado bastante, mas fico feliz por ver que você progrediu bastante no esporte, o pessoal tá falando que você está lutando que nem um animal e, que não tá levando desaforo de jeito nenhum. Estão te chamando até de “A fera do Tucuruvi” . Respondeu o Paulão.
- Que isso véio! Você sabe que eu me dedico bastante ao esporte e você também sabe que eu não suporto perder.... Enquanto ele ainda falava a mãe dele apareceu:
- Que bom filho! Que bom que eu consegui te encontar ...Filho aqui está a sua carteirinha de vacinação. Deu um trabalhão pra encontrar porque ela estava numa caixa que eu não mexia há anos. Os médicos falaram na televisão que era para trazer.
Meio sem jeito ele pegou a carteirinha e agradeceu a atenção da mãe e, mais que rapidamente ele tentou esconder, mas o amigo foi mais rápido e falou:
- Carteirinha de vacinação? Ô Brunão que parada é essa meu irmão? Deixa eu dar uma olhada faz tempo que eu não vejo uma dessa.
Brunão, que gracinha! A sua carteirinha está cheia de coraçõezinhos e ursinhos Rapaz! É melhor esconder isso hem! Já imaginou se a galera vê uma coisa tão meiga como essa? Em tom de brincadeira, comentou o amigo.

- Ééééé´! Mãe é mãe né?

Edilson Rodrigues Silva

Dinheiro - Um cafezinho Bem Fraquinho - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


O herdeiro daquela fábrica, muito preocupado com os efeitos da crise financeira mundial pediu para que a tiazinha do cafezinho reduzisse pela metade a quantidade de pó de café que ela habitualmente usava. Assim a senhora fez.
Dias depois o patriarca da família, o fundador da empresa mandou chamar a mulher do café e disse para ela:
- Dona Miranda, a senhora já está conosco há muito tempo e me parece que a senhora perdeu a mão para fazer o cafezinho. A senhora está com algum problema?
- Não senhor! Foi o seu filho quem pediu para que eu colocasse a metade do pó de café. Ele disse que é por causa da crise mundial e que isso era para economizar dinheiro doutor.
- Então a senhora faz o seguinte: a senhora vai e faz o café normal para todo mundo da fábrica e faz um café bem fraquinho só para ele. O.K! Disse o esperto empresário.

Edilson Rodrigues Silva

Criança - O Capitão Geleia - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


A família estava passeando pelo shopping quando, ao passar pela loja de tênis , o garotinho disse:

- Mãe compra aquele tênis pra mim?

- Filho, você já tem tantos. Para que você quer mais um?
- É que aquele é o tênis do Capitão geleia! Compra mãe! Compraaa!
- Mais tarde a gente vê. Vou dar uma passadinha em outra loja e depois, se der tempo, a gente passa aqui tá?
- Tá legal!
Mais tarde quando eles estavam passando em frente a uma papelaria o garotinho olhou uma mochila e pediu para que a mãe comprasse uma para ele também.
- Filhote! Você já tem a sua mochila porque você quer ter mais uma? A sua não está legal? Eu achei que estava tudo bem com ela, pois na semana passada eu a lavei e não vi nada de mais.
- Ah! Mãe! A mochila está legal, mas não é a mochila do Capitão geleia ..Ouvindo isso, o pai resolveu interromper:
- Querida quem é esse Capitão geleia? É algum desenho novo? Eu nunca ouvi dizer dele...
- Não meu bem! O famoso Capitão geleia em questão é só apelido do Caio, o garotinho que é uma espécie de líder lá escolinha dele. Tem também o Capitão chulé, o Capitão Planeta, o Capitão Meleca e o nosso querido anjinho é o Super Macarrão. Coisas de Criança! Respondeu a esposa.

Edilson Rodrigues Silva

Emprego - Pega Leve Meu! - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados
















A vida dele estava muito legal. Tudo estava dando certo tanto no profissional quanto no pessoal. Como o povão fala: Estava tudo beleza! Às mil maravilhas!

Pois é! Muita gente por aí não gosta de ouvir que a felicidade dura pouco. Mas lamento informar que isso é  a mais pura verdade. Em se tratando de pobre então, ela dura menos ainda. Esse foi o caso do nosso amigo.

Tudo aquilo que na vida dele estava mamão com mel começou a mudar repentinamente. A vida dele já não era mais tão suave e leve e nem tampouco agradável e doce como outrora. As amarguras e os dissabores se acentuavam dia após dia e a tristeza só fazia crescer.
O sonho dele sempre foi fazer um gol de bicicleta. Ele já havia tentado muitas e muitas vezes. Na pelada daquele final de semana ele tinha certeza que faria esta obra prima do futebol, pediu até para gravar já pensando em mandar a pintura em vídeo lá para o Tadeu Schmidt colocar no quadro Bola Cheia e Bola murcha da Rede Globo. Não deu certo. Na tentativa de fazer o gol espetacular ele acabou arrumando uma fantástica fratura no braço.
Depois da contusão na trágica pelada do final de semana a próxima tragédia não tardaria. O seu querido chefe, muito constrangido e emocionado, disse que ele era um profissional muito bom para aquela simples empresinha e que resolveu liberá-lo para que, ele um excelente funcionário, pudesse encontrar novos e interessantes desafios.
- Mas, senhor ! eu não quero ser liberado! Não quero desafio nenhum, eu estou legal! Disse ele na tentativa de salvar o seu emprego.
- Não, meu jovem! Você deve pensar grande. Não seja menor, não me perdoarei jamais por estar atrapalhando a sua brilhante carreira. Vá ao encontro do seu destino. Seja feliz! Disse o emocionado e preocupado chefe. Depois o demitiu.
Agora, cheio de novos desafios e com a conta do carro, do apartamento, da escola dos filhos e tantas outras coisas para pagar ele seguiu em frente. Tentou resistir, tentou se motivar diante dos novos desafios... Ele já estava odiando essa palavra: Desafio. Foi quando do nada chegou para morar com ele a mãe, o pai, a irmã solteirona, dois cachorros e um papagaio. Tudo isso porque a casa onde os parentes dele moravam estava correndo risco de desabar. Ele, como era a generosidade em pessoa não poderia desamparar os seus.
Como desgraça pouca é bobeira...
- Perá aí! Pode paraaaaar! Protestou o até então abatido personagem.
- Ô seu escritor de meia tigela, que história é essa? Será que não dá para o senhor pegar leve não? A minha situação já tá prá lá de preta e vem você querendo detonar tudo de vez. Manerá aí meu! Cadê a criatividade? Cadê o bom humor , a vida boa e feliz? Você está com algum problema? Eu acho que você não está legal. É ou não é meu querido leitor?
Francamente! Continuou o revoltado personagem. Por favor, meu amigo (a) leitor (a) dá uma força aí e fala para esse escritorzinho fajuto voltar lá para a parte do “ Estava tudo beleza” ou “Às mil maravilhas” que é bem mais agradável, tanto para mim quanto para você. É ou não é querido amigo (a)?
Francamente! É cada um que me aparece. Completou o inconformado personagem.

Edilson Rodrigues Silva

Policial - O Grande Assalto - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


Aquela firma fabricava plugues folheados a ouro que eram utilizados em equipamentos eletrônicos diversos. 
Para fugir da agitação e da insegurança da cidade grande os proprietários resolveram mudar a fábrica para o interior do estado de São Paulo.
Depois de seis longos meses planejando minuciosamente aquele que seria o maior assalto do ano a quadrilha estava prestes a colocar em prática o tão planejado assalto. Eles procuraram não se lembrar do último projeto quando seqüestraram um cavalo pensando que era o grande campeão do turfe paulista e no final era só um pangaré que o esperto do proprietário havia colocado no lugar dele.
Agora, o túnel estava pronto. Depois de meses de escavação chegou o momento de invadir a fábrica e perfurar o cofre onde estavam guardados os lingotes de ouro e cobre. No túnel havia inclusive um carrinho especial para carregar as barras de metais pesados.
Havia chegado a hora! Era noite. A cidade em peso estava numa festa religiosa na qual a maioria da população participava. Primeiro haveria a procissão e depois a queima de fogos. A invasão da empresa seria realizada justamente no momento em que os fogos estivessem pipocando pelo ar. Cavaram até dar de cara com o piso da sala do cofre e ficaram ali dentro do túnel jogando cartas e esperando o tempo passar. Por telefone, eles foram avisados do inicio da queima de fogos.
Iniciaram a invasão rompendo o duro piso do cofre. O primeiro homem que colocou a cabeça dentro do inexplorado ambiente foi calorosamente recepcionado por dois seguranças que estavam jantando numa sala ao lado do cofre. Apontando as suas armas para a cabeça do bandido, num gesto de extrema cordialidade um dos seguranças perguntou:
- Vocês não vão dar a desculpa idiota que são apenas entregadores de pizza não é?

Edilson Rodrigues Silva

Férias - Estou Precisando de Férias - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados

Quando ela passeava pelo jardim ela viu uma linda borboleta:
- Bom dia, Dona Borboleta! Como a senhora tem passado? Hoje o dia está maravilhoso a senhora não acha? Deixe-me recitar este lindo poema para a senhora:
...Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras,
A sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais...
Depois de recitar o poema para a Dona Borboleta ela seguiu adiante e encontrou com uma linda azálea e, novamente não resistiu:
- Dona Azálea como está à senhora? A senhora viu que o senhor Jasmim também está muito florido e perfumado? Aproveitando a oportunidade deixe-me recitar para a senhora este outro trecho deste lindo poema:
...Como são belos os dias,
Do despontar da existência,
Respira a alma inocência,
Como perfume a flor...
De repente o marido dela a despertou:
-Querida! Querida! Acorda! Você está bem? Perguntou o companheiro dela.
- Ahhhh! Eu estou ótima! O que aconteceu? Porque você me acordou desse jeito? Meio assustada e ainda sonolenta ela resmungou.
- Você estava dormindo e conversando em voz alta. Eu pensei que você estava tendo um pesadelo. Disse o marido.
- Pesadelo, eu! O que eu estava falando? Perguntou a esposa.
- Não sei bem o que era. Parecia que você estava recitando alguma coisa. Acho que era uma poesia. Não tenho certeza, mas eu acho que você estava recitando um poema para um bicho... É, é isso! Acho que era para um bicho. Completou o marido.
- De novo! Acho que estou precisando de umas férias. A semana passada quando você não estava em casa eu acordei muito assustada porque o Eça de Queirós veio brigar comigo. Tudo porque na aula de literatura que eu estava dando para o primeiro ano do colégio eu havia me enganado e acabei dizendo que era a Eça de Queirós. Por causa disso, você acredita que no meu sonho ele veio brigar comigo. Não é um absurdo? Tô ou não estou precisando de uma férias?
- Ô! Se está!Responeu o marido.


Edilson Rodrigues Silva

Amor - Paixão é Paixão - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados

- Você pensou direito? Perguntou o rapaz.

- Sim. Eu pensei bastante no assunto e vou fazer aquilo que nós combinamos mesmo. Segura da sua decisão, a garota respondeu.

- Você sabe que será rejeitada, discriminada e hostilizada por muitas pessoas?

- Sim! Eu Sei que sofrerei preconceitos e gozações, mas vou fazer assim mesmo. E o preço? Ainda é aquele que nós combinamos? Perguntou a garota.

- Algumas pessoas vão achar que você é maluca, doente ou até mesmo uma completa desequilibrada. Quanto à grana ainda é o mesmo valor que havíamos combinado. Completou o rapaz.

- Eu sei disso! Mas também sei que só ficarão ao meu lado as pessoas que realmente forem as minhas amigas, e aquelas que tiverem na mesma sintonia que a minha. Valeu! por manter o mesmo preço, pois o dinheiro está meio em falta lá em casa. respondeu a conformada moça.

- Bom! Se é assim. Então vamos fazer a tatuagem: Gata! Por favor, qual Tatoo a gente vai fazer? perguntou o tatuador.
























...Ah! Escolheu o símbolo do Timão! Vamos fazer aonde? ...No ombro direito?... OK! Que tamanho você vai querer?
- Pode fazer um pouco menor do que a minha mão fechada.  Vai ficar da hora! Vibrou a fiel torcedora.

Paixão é paixão, além de dominar o corpo, marca o coração.


Edilson Rodrigues Silva

Futebol - Ô meu! Que Papo é esse? - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


















- E aí Duzão? Nós vamos assistir ao jogo lá da arquibancada ou das numeradas? Falou o Luízão


- Sei não! Deixa eu ver...Ô Paulão? Nóis vai vê o bagulho lá da numerada ou vai ser lá no meio do povão memô? Perguntou o Duzão.


- Firmeza meu! Vamô assisti a parada lá junto com a massa, lá é bem mais legal! É da hora! Respondeu o Paulão.


- Será que o jogo vai começar no horário correto, pois no intervalo eu prometi ligar para a minha esposa e ver se ela estava precisando da minha assistência para alguma coisa. Falou o Luizão.


- Ô Paulão, cê num acha que o Luizão tá meio estranho não? Perguntou o Duzão.


- Éééééé! Tô ligadão no cara. Ele tá meio esquisito memô. Tá cheio de Nhém! Nhém! Nhém! Tá um frescão!...Tá meio assim...Meio assado...É Duzão, num tô intendendo a do cara não. Diz aí ô Luizão? O que é que tá pegando? Perguntou o Paulão.


- Nada turma! É que a minha professora lá do supletivo disse que é melhor nós falarmos e escrevermos corretamente a nossa linda língua portuguesa porque, além de ser muito bonito, ela ainda abre as portas da sociedade para aqueles que a tratam com respeito e eficiência.
Principalmente para pessoas como nós que, sempre somos vistos como gente bruta, ignorante e sem cultura. Sem contar que a mestra também disse que, podemos passar em concursos públicos e outras coisas mais. Às pessoas respeitam muito mais quem sabe usar língua adequadamente. Com muita calma e sabedoria respondeu o, agora, letrado Luizão.


- É Duzão o cara tá muito doidão mêmo. Depois que ele resolveu vortá prá iscola ele já não é mais o memô.



Edilson Rodrigues Silva

Mulher - Uma Feijoada e Tanto - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados

















Acontecer algumas gafes em uma cozinha é normal. Quem nunca descascou a última banana e depois jogou a dita cuja no lixo e ficou com a saborosa casca da amarelinha na mão. Quando esse tipo de coisa acontece a pessoa fica completamente sem reação. Outro dia aconteceu com ela quase a mesma coisa só que foi com uma coxa de frango. Enquanto ela estava limpando o saboroso pedaço de galináceo e, pelo jeito também estava tentando eliminar da sua cachola, alguns pensamentos que a estavam incomodando, foi quando num gesto completamente inesperado a mão dela, desobedecendo qualquer comando, lançou no lixo a deliciosa coxa de frango e ela ficou lá com aquela pelancona na mão.


De tanto que a turma a chateou ela resolveu fazer aquela feijoada que todos sempre elogiavam muito. Comprou todos os ingredientes e lá foi ela sapecar a pretinha. Como aqueles antigos problemas da época do frango ainda persistiam, ela nunca estava completamente compenetrada nas suas atividades do dia a dia. E isso, vira e mexe sempre fazia com que, na casa dela, sempre acontecessem coisas inusitadas.


Ela fez a feijoada no capricho, colocou carne seca, lingüiça, costela de porco, uma pitada de pimenta do reino, sal e pedaços de bacon. Depois fez o arroz, a couve refogada. E tudo ficou muito apetitoso.


Chamou a família para saborear a inigualável iguaria da culinária brasileira e quando o marido provou da saborosa feijoada...


- Affff! Bota inigualável nisso. Nunca na história deste país se teve notícia de uma feijoada tão apimentada como aquela. O pessoal está tomando água gelada até agora.


Edilson Rodrigues Silva

Emprego - A Visita do Diretor - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados

Depois que o diretor e os gerentes levaram os visitantes (Técnicos de uma multinacional alemã) para conhecer diversas partes da fábrica chegou a hora deles conhecerem a sala onde era feito o acompanhamento da produção. Nessa sala, que era uma sala bem pequena, ficavam um técnico e diversos instrumentos que eram usados no monitoramento da produção.
Assim que o diretor chegou ao lugar onde ficava a sala de monitoramento ele girou a maçaneta da porta e não consegui entrar. Do lado de dentro o técnico também tentou  abrir a porta para que o diretor e os visitantes pudessem entrar, mas ele também não conseguiu fazer com que a porta abrisse. O diretor, visivelmente irritado com aquela situação, faz muitos sinais para que o técnico abrisse a porta de qualquer jeito.
O técnico experimentou uma chave e depois outra e nada da porta abrir. Ele fazia tudo que estava ao alcance dele para resolver aquela desagradável situação. Pelo vidro da porta ele disse para o diretor que não estava conseguindo abrir a porta de jeito nenhum e que era para chamar alguém da manutenção. O diretor muito nervoso, discretamente deu uma dura no gerente de produção e pediu para que ele resolvesse o mais rápido possível aquela desagradável situação.
Assim que o gerente saiu para tentar achar alguém da manutenção para resolver o problema a porta da sala de monitoramento, como que por mágica, abriu. O técnico pediu muitas desculpas ao diretor e aos visitantes e todos puderam ver os instrumentos em funcionamento.
O pessoal da manutenção, avisados de que a porta já estava aberta, não foram até a sala. No entanto, eles passaram lá mais tarde e, verificando todo o sistema de abertura e fechamento da porta, não encontraram nada de errado com ela. Enfim, ninguém ficou sabendo o que tinha acontecido. Um mistério. Uma coisa muito estranha. 
Mais tarde o técnico que estava na sala confidenciou a um amigo que, naquele exato momento da chegada do diretor, ele estava num dia de muita produção gasosa. Estando ele isolado e, como de costume, como não havia viva alma pelas redondezas, segundos antes das visitas chegarem à porta, ele acabou liberando generosas e abundantes quantidades de gases no recinto fazendo com que aquele mega espaçoso ambiente ficasse irrespirável. Por isso ele deu um jeito de não deixar ninguém entrar lá até que, o poluído ar, fosse completamente renovado pelas forças da benevolente mãe natureza.

Edilson Rodrigues Silva

Concurso - Ô Ônibus Circular - Cronicas Engraçadas e Texto Engraçado


Ela tinha que ir num curso preparatório para o concurso de assistente judiciário lá no centro da cidade. Para ir até lá ela tinha que pegar o ônibus circular. 
Assim que ela saiu de casa ela encontrou a mãe de uma grande amiga e, como há muito tempo ela não via a mãe e nem a querida colega, ela ficou ali um tempinho conversando com a mãe da antiga companheira de tantas e tantas aventuras.
Depois de uns minutos onde as novidades foram colocadas em dia ela despediu-se e foi pegar o ônibus. Dois minutos depois o coletivo apareceu. Ela deu sinal, o veículo parou e ela entrou.  Depois de uns cinco minutos ela achou aquilo muito estranho.
Ora! Pensou ela. Por que será que o ônibus está fazendo esse caminho para ir para o centro da cidade sendo que ele tinha que ir noutra direção. Será que está tendo algum desvio? Quem sabe um acidente? 
Só depois de alguns instantes ela se deu conta que a estranha ali era ela. O fato é que ela havia se distraído com a conversa com a mãe da amiga e tinha esquecido-se de atravessar a rua e acabou pegando o ônibus que ia no sentido contrário.

Edilson Rodrigues Silva

:Guia Pratico Para Passar em Um Concurso Público em 1 Ano. VEJA AQUI

Cotidiano - Café meio Amargo - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados



Ele convidou o amigo de Ribeirão Preto para tomar um cafezinho com ele lá na lanchonete que ficava ao lado do escritório. 
Primeiro eles pararam numa banca de jornal e ficaram  ali conversando e olhando os jornais e revistas. Depois foram para a lanchonete tomar o delicioso café.
Quando a garçonete trouxe as xícaras de café o amigo de Ribeirão Preto logo pegou o açucareiro e virou um caminhão de açúcar no cafezinho que ele iria tomar. Ele, viu aquilo e ficou horrorizado sem contar que achou super estranho a atitude do colega do interior, mas pensou: cada maluco com as suas manias. 
Ele pegou um envelope de açúcar daqueles pequenos, abriu e depois virou na sua xícara, isso olhando para o amigo e comentou: 
- Eu prefiro açúcar a adoçante. E você?
- Eu já gosto de açúcar. Eu prefiro o meu café assim, meio amarguinho. Esse negócio de adoçante adoça demais. Disse o amigo de Ribeirão Preto.

Edilson Rodrigues Silva

Mulher - Mundo maluco - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


Moramos num mundo maluco onde alguém é ninguém e ninguém é alguém.

A mãe viu a sua filha pequena colocar a Barbie da coleguinha dentro do vidro de maionese. Ela não pode evitar. A mãe da coleguinha veio reclamar dizendo que, lá alguém tinha feito aquilo. A mãe da garotinha que tinha dado um banho de maionese na Barbie da coleguinha imediatamente contestou e disse que, lá ninguém tinha cometido tamanha barbaridade.
Essa mesma mãe outro dia viu a filha dela voltar da casa da coleguinha, a da bonequinha na maionese, com a blusa riscada com uma caneta de ponta porosa e foi reclamar com a mãe da coleguinha. A vizinha reclamando muito disse:
- Eu sei muito bem que ninguém foi riscada aqui. Imagina! Na casa dela alguém jamais teria riscado a roupa de ninguém.

Edilson Rodrigues Silva

Mulher - E agora! Como falar? - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


Ela estava aflita. Procurava um jeito de falar para o seu marido sobre aquela novidade. Dia após dia as dúvidas insistiam em atormentá-la. Contar? Não contar?
- Como será que o seu marido receberia uma notícia daquela, pois uma novidade daquele naipe era para abalar qualquer homem. Será que o homem iria receber bem? será que ele iria aceitar numa boa? Pensava ela.
Não era nada fácil contar uma coisa daquela. Afinal não é todo homem que aceita com naturalidade este tipo de coisa. Embora a sociedade de hoje seja mais aberta, moderna e cada dia mais liberal, ela custava a acreditar que o marido dela, um homem rude e bastante conservador fosse compactuar com essas modernidades. Ela estava com muito receio, ela temia as conseqüências que viriam após a inesperada revelação.
Tudo tinha começado há uns dois meses atrás. Numa reunião das senhoras da comunidade, alguém teve a estranha iniciativa de apresentá-lo para ela, mesmo sabendo que ela não tinha por ele nenhuma simpatia, insistiram mesmo assim. Ela, no inicio meio sem jeito e sem jogo de cintura resolveu experimentar. Até hoje ela não sabe como aquilo foi acontecer, mas depois daquela primeira experiência ela não pensou noutra coisa.
Aquela experiência a envolveu, a seduziu de tal forma que  mexeu com o seu corpo e com a sua cabeça. Foi aquele tipo de amor que ninguém acredita ser possível. Ela estava completamente apaixonada por ele.
Ele, na verdade, mudou completamente a vida dela. Hoje, ela tem mais saúde, é mais alegre e muito mais vibrante. Muito mais! Ao lado dele ela redescobriu a vida. Dentro dela reascendeu a emoção, a alegria e a chama da paixão. Diante de tantas mudanças internas surgiu a vontade de mudar a rotineira e sem graça vida que ela estava levando.
E agora, como contar para o marido. Logo para ele. Em pensar que no passado ela já havia brigado tanto com ele por causa disso. Ela não admitia de forma nenhuma que ele trocasse a casa e a família por aquilo. Agora, por ironia do destino, lá estava ela passando por uma situação tão constrangedora como aquela.
Cansada de ficar sofrendo e de fazer tudo escondida ela encheu-se de coragem e de maneira firme e determinada resolveu que toda aquela situação não passaria daquele dia. Ela contaria toda a verdade tin tin por tin tin. Ele teria que compreender porque o campeonato de futebol das Senhoras das associações de amigos de bairro estava para começar e já não daria mais para esconder porque estavam programados pelo menos dois jogos semanais e alguns deles em cidades próximas. Se ele não quisesse aceitar problema dele porque ela iria continuar a jogar futebol assim mesmo e pronto.

Edilson Rodrigues Silva

Mulher - Eu te Conheço - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados















Assim que ela se sentou, procurou o cinto e afivelou-se. Pegou a revista que estava dentro do encosto do assento da frente e começou a folhear,

Depois de uns cinco minutos chega um homem de óculos escuros:

- Bom Dia! Com licença moça.

- Bom Dia! Pois não.

O homem sentou-se ao lado da janela e ficou ali mexendo no celular.

Assim que o homem sentou-se ela observou aquele perfil e ele não lhe era de todo estranho. Ela não se lembrava de onde ela o conhecia, mas o homem não lhe era estranho. O homem parecia cansado e, mesmo antes do avião decolar, ele colocou o cinto e dormiu.

Ela ficou ali lendo a revista e ao mesmo tempo tentando lembrar-se de onde é que ela conhecia aquele homem. Depois de uns minutos uma certeza ela tinha: aquele rapaz era da televisão ela não sabia de onde e nem o que ele fazia, mas que era da televisão era.

Depois que o homem acordou, eles almoçaram e depois que o serviço de bordo foi encerrado ela resolveu perguntar para o homem.

- O senhor é da televisão não é?

- Mais ou menos!

- Mais ou menos? O senhor não fez aquela novela das sete...a...

- Não!Não fiz – Responde o homem.

- Fez sim senhor! O senhor não quer dizer... Hã! Hã! Já sei quem é o senhor! Eu adoro o senhor seu Paulo Betti.

- A senhora me desculpe, mas eu não sou o Paulo Betti, o ator. Eu sou o Careca, o jogador de futebol do São Paulo Futebol Clube e da Seleção Brasileira de 1986.


Edilson Rodrigues Silva

Cachorro - O sumiço do Juquinha - Cronicas Engraçdas e Textos Engraçados















Ela tinha ido ao cabeleireiro e, ao retornar para casa ela sentiu a falta da alegria e da recepção de sempre. Ela começou:
- Juquinha? Juquinha? Cadê o meu Juquinha?
Assustada, ela procurou o cãozinho dela por todas as partes da casa e, como não o encontrou em lugar nenhum, em profundo estado de desespero, ela ligou para a polícia, para o corpo de bombeiros, para o Samu, para a defesa civil, para a guarda nacional...
Mesmo esse fato tendo ocorrido meses atrás, até hoje ela se lembrava daqueles momentos horríveis. Jamais saiu da cabeça dela o sofrimento e a agonia quando ela rencontrou o querido Juquinha, o seu mini-collie, nos braços daquela mulher. Mesmo que a estranha fosse tão somente a veterinária e que ela só estava dando umas vacinas e fazendo alguns procedimentos, isso não importava. Para ela, era Deus no céu, e o Juquinha na terra, Bem perto dela, É claro!
Agora, ela estava ali diante de mais uma peça do destino, como se não bastasse à precoce partida da sua amada mel, uma Cocker de um ano de idade, que foi obrigada a se mudar da sala para a casinha dos fundos, agora aquele misterioso e sombrio desaparecimento do seu tão amado Juquinha.
Ela tinha uma certeza: Essa perda estava sendo um tiro certeiro no seu tão frágil e despedaçado coração. Ela não resistiria a mais esse duro golpe da vida. Já mergulhada numa galáxia de dor e angústia o seu espírito sofria por conta da terrível ausência do amado Juquinha. Foi quando, pela janela ela observou que no colo da veterinária, de novo ela, lá estava o seu amado Juquinha. Ela correu, correu com a voz muito emocionada e disse:
- Você de Novo!...Vem cá amor da mamãe. O que fizeram com você dessa vez? Porque você está todo peladinho desse jeito?...Você foi atropelado? Cadê o corte? O que fizeram com o meu Juquinha? Perguntou a desesperada senhora.
- Não foi nada Dona Clarisse. Não precisa ficar preocupada não. Foi a Bruna, a sua filha que, antes de ir para a faculdade deixou o Juquinha lá na clínica. Ela nos contou que ela foi pentear o Juquinha ela encontrou dois carrapatos enormes. Ela ficou horrorizada. Por isso ela deixou ele lá na clinica. Agora ele está bem melhor. Não teve jeito. Nós  tivemos que fazer essa tosa radical para ele melhorar. Foi só isso...

Edilson Rodrigues Silva

Emprego - Hiroshi o Massagista - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados





















 - Amiga, outro dia fiz uma massagem que eu vou te contar. Que maravilha! O massagista, o Marcelo, amiga...Um gato lindíssimo, que mãos, que voz! O cheirinho de bebê então, Um encanto! Resumindo, ele era tudo de bom e mais um pouco. Disse a primeira amiga.


- Menina, me fala o endereço desse lugar. Já faz dias que estou com uma dorzinha aqui na coluna e ela está me matando. Disse a segunda amiga.


- Claro amiga! Olha, o endereço é... A primeira amiga deu para a segunda todos os dados da clínica de massagem que, prontamente, agendou uma sessão.


- A Segunda amiga, aquela que estava com a dor nas costas, foi até a clínica e ficou esperando para ser atendida pelo Marcelo, pelo gatinho das mãos e tudo mais de  maravilhoso que a colega tinha falado.


- Quando a porta se abriu saiu de lá de dentro um senhor japonês, baixinho e barrigudinho que dirigindo-se á ela disse:

- Massagem né?

- Não! Eu quero o Marcelo. Eu marquei uma sessão com o Marcelo.
- Massagem né? Hiroshi faz massagem!

-Não! Eu disse Marcelo, M-A-R-C-E-L-O entendeu?

-Sim! Hiroshi faz massagem. diz ele apontando para a sala.

-Não! Eu não quero fazer massagem com o senhor seu baixinho barrigudinho. Eu quero fazer com o Marcelo, M-A-R-C-E-L-O. Entendeu?

-...Depois de um breve silêncio o massagista sorrindo responde:

- Hiroshi faz massagem né?

- Aí! O que eu fiz para merecer isso. Dizendo isso ela saiu porta afora e foi embora. Ela andava pela calçada e atrás dela ia o pequeno japonês apontando para a clínica e dizendo:

- Horoshi faz massagem! Horoshi faz massagem!

- Ela continuou a dizer para o baixinho que ela não queria mais fazer massagem e começou a ficar nervosa porque o japoneizinho estava seguindo-a e não a deixava em paz. Sentou-se na rua e já com sinais de nervosismo começou a chorar.

o massagista vendo que a moça estava nervosa saiu correndo e voltou para a clínica. Instantes mais tarde ele voltou com um rapaz bonito que dirigindo-se á ela disse:



- Oi! Eu Sou o Marcelo Hiroshi o meu tio disse que a senhora não está passando bem. Eu posso ajudá-la de alguma forma?


Edilson Rodrigues Silva

Crianças - Trabalhos de Infância - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


A mãe estava olhando o desenho que a filha havia feito, para motivar a garota, ela falou:
- Adorei os seus espantalhos.
- O que é espantalho mãe? Perguntou a garotinha.
- Espantalho é um boneco que é usado para espantar para longe todo o mal. Resumidamente, explicou a mãe dela.
- Não são espantalhos mãe. Sou eu, meu irmão, você e o papai. Disse a menina.
- Somos nós filha? Puxa vida filha! Você precisa caprichar mais nos seus trabalhos de escola, eles podem ser melhores. Na minha época a gente se dedicava mais e fazia os trabalhos com mais amor e carinho. Você sabe que até hoje eu tenho guardado os meus trabalhos de escola.
- Têm?
-Tenho sim!
- A senhora me deixa dar uma olhadinha neles? Eu fiquei curiosa para saber como é que a senhora fazia os seus trabalhos.
- Claro que deixo! Mas primeiro você vai refazer esse trabalho de uma forma mais caprichada, tenho certeza de que você é capaz de fazer algo muito melhor. Estamos combinadas?
- Tá legal! Pode deixar, vou fazer de novo e ele vai ficar muito melhor.
Depois que a garotinha terminou o novo desenho ela foi mostrar o trabalho para a mãe e esta teve que concordar que, agora, o desenho havia ficado muito legal. Diante da tarefa cumprida à mãe chamou a filha para que a garotinha fosse com ela pegar uma caixa velha que estava na prateleira de baixo do guarda roupa dela.
Quando ela abriu a caixa só haviam papéis picados porque os cupins fizeram ali um banquete. Os bichos comeram não só os trabalhos de escola antigos como também fotos e parte da história dela e da sua família.
A garotinha, como medo de ser atacada pelos cupins perguntou: Mãe posso colocar aquele meu desenho lá na minha cama?

Edilson Rodrigues Silva

Mulher - A Caminhada - Cronicas Engraçadas e Textos Engraçados


Todo mundo falava para ela caminhar. Ela não sabia o porquê, será que os amigos dela estavam achando que ela estava gorda? Ora bolas! Ela estava sentindo-se ótima.


De qualquer forma resolveu começar a fazer às caminhadas. Todo mundo falava que fazia bem, que liberava uma substância que dava felicidade e coisa e tal. E lá foi ela. Comprou um tênis novo. Roupas adequadas e ripa na chulipa! Quem é que não quer felicidade né?


Assim que ela saiu na rua encontrou com uma antiga amiga do colégio. Esta amiga ela não via há mais ou menos uns dez anos. Conversa daqui e conversa dali. A amiga falou novamente toda a história da vida dela e, de brinde, ainda contou a história recente que ela ainda não sabia. Ela, como era dessas pessoas que não sabem dizer não, ouviu tudo atentamente.


Depois de mais ou menos uma hora de tricotagem, ela perdeu a vontade de caminhar. Pensou melhor, viu o tênis novo, a roupa nova, pensou na substância da felicidade e bola pro mato que o jogo é de campeonato! . Seguiu adiante.

Três quarteirões adiante ela encontrou com a sua tia. Irmã da mãe dela, Essa tia era boa de tricô e papo viu. Como ela falava. E era de uma discrição a toda prova. Discretíssima!

- Sabe filha, o padre não é mais o mesmo ele isso, ele aquilo... E o seu tio agora deu para esquecer-se de tudo. Imagina que outro dia o velho me saiu de casa e foi lá prá praça jogar dominó só de pijama. Disse a reservada tia.


Depois de mais uma hora de Blá! Blá! Blá! A caminhada tinha ido pro brejo mesmo.


Que nada! Ela não era dessas pessoas que desistem no primeiro obstáculo e nem tampouco no segundo. Foi buscar forças no âmago da sua existência para continuar a caminhar rumo ao encontro dos grandes benefícios e da felicidade que uma simples caminhada pelo bairro pode proporcionar. Foi quando, ainda pensando numa receita que havia ouvido da tia, ela pisou com vontade num belo e grande prêmio de calçada (Aquele tipo de agrado que o dono do cachorro deixa na calçada) Mas não foi um prêmio qualquer e sim daqueles de fazer qualquer um ganhar na mega-sena.


Edilson Rodrigues Silva

COMO SER FELIZ

MENSAGENS DE ANIVERSÁRIO

CRONICAS MAIS POPULARES

Translate

CURSOS GRATUITOS